PATRIMÓNIO – Os discretos mas úteis Palitos de Lorvão*

0
1
Os Palitos de Lorvão – objectos tão discretos que são frequentemente ignorados, mas úteis quando se dá por terminada a refeição (especialmente quando o prato leva uma iguaria “dura de roer”).

Bruno Simões tenta resumir o percurso dos afamados palitos de Lorvão, freguesia do concelho de Penacova, Coimbra. Tudo começa, naturalmente, em Lorvão, mais precisamente, no convento, onde freiras e pacientes de psiquiatria esculpiam pedaços de choupo e salgueiro em pequenas tiras, usadas para decoração em doces conventuais. Depressa se espalhou a manufactura dos palitos pela região.
Hoje, contudo, a sua produção está confinada à fase de embalamento, uma vez que o fabrico se dá no estrangeiro.