DESPORTO – António Marques integra a equipa que vai representar Portugal na Taça do Mundo de boccia

0
4
Portugal parte para a Taça do Mundo de boccia, a disputar em Belfast, na Irlanda, “cheio de vontade” e com “toda a ambição do mundo” para conquistar medalhas e renovar o título, garante a técnica nacional da modalidade.


Portugal vai estar representado na Taça do Mundo, que se disputa na Universidade de Ulster, entre 20 e 26 de agosto, por 11 atletas, alguns dos quais medalhados paralímpicos.
“Temos excelentes resultados no boccia, queremos continuar”, refere Helena Bastos, lembrando que Portugal venceu quatro das cinco edições anteriores da competição para a qual contam os resultados individuais e coletivos (pares e equipas).

Helena Bastos afirma que a comitiva portuguesa “teve algumas baixas de atletas que eram habituais”, mas garante que a equipa lusa “tem grandes valores, com muita vontade de lutarem por medalhas”.

A técnica reconhece que a modalidade, praticada por atletas com paralisia cerebral e na qual Portugal tem muito bons resultados internacionais, tem evoluído muito, o que eleva o nível competitivo.

“Há países que estão a investir muito na sua preparação, como a Grã-Bretanha e o Brasil, responsáveis pela organização dos Jogos Paralímpicos de 2012 e 2016”, afirma. Por outro lado, lembra, “surgem os países asiáticos, sobretudo a China, que evoluiu bastante desde os Jogos Pequim2008”.

Apesar de esperar concorrência bastante forte, numa competição que junta atletas de 30 países, Helena Bastos assegura que os portugueses “têm grande motivação” para conseguirem bons resultados individuais e revalidarem o título da Taça do Mundo.
Coimbra acolheu em 1991 a primeira edição da competição, criada em Portugal, que passou depois a integrar o calendário internacional e a realizar-se de quatro em quatro anos.

A Taça do Mundo permite aos atletas a obtenção de mínimos para os Jogos Paralímpicos Londres2012, competição para a qual, segundo Helena Bastos, “Portugal tem praticamente assegurada a qualificação coletiva”.




Mais à frente veja, aqueles que, para além de António Marques, compõem a Selecção Nacional que irá estar presente na Taça do Mundo CPISRA 2011


BC1: António Marques e João Paulo Fernandes

BC2: Fernando Ferreira, Cristina Gonçalves e Abílio Valente

BC3: José Macedo, Luís Silva e Armando Costa

Para além dos atletas, destaque para os seguintes elementos que irão desempenhar outras funções na competição:

Chefe da Delegação e Seleccionadora Nacional: Prof.ª Helena Bastos
Fisioterapeuta: Cristina Marques

Prof. Joaquim Viegas – Delegado Técnico da Federação Internacional, CPISRA
Gustavo Alvarim – Gestão do software da competição
José Lopes, Aline Pereira e Inês Almeida – Árbitros Internacionais







Fontes: RTP/LUSA e PCAND