Da Forja, com Romance

1
4
Para quem não estava habituado aque em Penacova houvesse alguém ou alguma associação que conseguisse proporcionar aos penacovenses algo de diferente, eis que chegou a “Forja“, para nos surpreender com as suas agradáveis iniciativas.
Depois da Feira do Livro, em plena Pérgula Raul Lino, seguiu-se um excelente momento musical, com a atuação dogrupo “Capitão Romance”, autor da “Nódoa” e de tantas outras criações que atualmente contribuem para manter a excelência da nova música portuguesa.
O ambiente que a “Forja” ofereceu à banda, e a sensibilidade, perspicácia e bom gosto com que os seus elementos decoraram todo o salão, contribuíram para que todos os que tiveram disponibilidade para estarem presentes, ficassem bastante agradados com o cenário que os acolheu. Se juntarmos a esse magnífico ambiente, o facto de estarem perante uma banda que inicia, na Casa do Povo de Penacova, o seu percurso artístico, então não será difícil imaginar a qualidade evento e o prazer com todos os o apreciaram.

Pelos dois exemplos de empreendedorismo com que presenteou toda a comunidade, estou em crer que a”Forja” irá continuar, espero que por uns bons tempos, a dar-nos mostras do seu potencial e da sua vitalidade, enchendo-nos por isso de orgulho e mantendo-nos na expetativa daquilo que poderá vir a seguir. Tirando isso, só lamento que a comunidade penacovense (da vila e do concelho), mais uma vez, não tenha aderido à iniciativa em número que se possa considerar excelente, por contraposição à qualidade do espetáculo, tendo por isso perdido um belo momento de descontração, diversão e interação, proporcionada pela magia do momento. Contudo, é opinião dos responsáveis pela associação, que esse aparente desdém, é fruto dos anos em que este tipo de eventos não foram habituais em Penacova, daí se perceber esta falta de interesse com que agora são encarados, apesar da publicidade que ao evento, por todos os meios foi realizada.

[mais fotos]

1 COMENTÁRIO