Penacova…

1
2

   

    Penacova de nevoeiros intensos, de paisagens inebriantes, de água correndo selvagem por entre caleiras de pedra e areia construídas naturalmente, de amontoado de árvores caídas apodrecendo, de amontoados de cimento elevado em altura, ou por vezes injectado para não deixar cair.
    Penacova de verde vestida, cor esperança de futuro, construída ao sabor de vontades indómitas, aguerridas. Esbraceja por vezes vida, sem norte, ao sabor dos ventos, sem quaisquer alicerces, em terrenos barrentos sem produzir a boa uva, produzindo a parca azeitona em declives ornamentados por erva dos prados para pasto das cabras e ovelhas, vivendo numa pacatez tamanha que até o chilrear dos passaritos se ouve à chegada.
   Penacova do monte que podia ter um castelo, mas não tem… que ainda assim tem um hotel, mas não tem… que podia ser de uma só cor branca e altiva, mas não é… que podia em tudo ser diferente, mas não é… que podia ser capital da lampreia, será que é? Que podia ter tantos atletas, mas não tem… que podia ter uma equipa de futebol consagrada, mas não tem… Que podia ter harmonia nas suas construções, mas não tem… Que podia ter ciúmes dos vizinhos concelhos e tem.
   Penacova é isto mesmo. Esta amálgama de terrenos abandonados, de ribeiras perdidas, lagares esquecidos pelo tempo, moinhos e noras ao Deus dará, espoliadas do seu ventre, perdidas entre emaranhados de silvas que só o fogo um dia vai limpar. Penacova que grita e clama, nas vozes histéricas de algumas pessoas, mas que depois metem os pés ao caminho abandonando-a à sua sorte.
    É muito mais importante, as discotecas da cidade, o restaurante afamado de momento onde todos acorrem para se mostrarem. É mais importante depois, nem se dizer que se é desta terra. Assim, continua Penacova à espera de mais uns gritos de meninos que não se lembram de que a nossa terra, é muito mais do que o monte, o hotel, o rio, os moinhos, o penedo e os penedos e esta paisagem rústica. Penacova começa em Santa Comba Dão, Tábua, Arganil, e Poiares e acaba em Mortágua, Luso e Coimbra, ou ao contrário se preferirem.
   Penacova, é grande no tamanho, na vontade e no querer, mas acima de tudo, precisa cada vez mais de todos nós…

1 COMENTÁRIO