POLÍTICA – Partido Social Democrata iniciou em Lorvão visita às freguesias do concelho

0
1
A Comissão Política da Secção de Penacova do PSD iniciou no
sábado, dia 11 de Fevereiro de 2011, na Freguesia de Lorvão, um conjunto de visitas
a todas as freguesias do Concelho.
O objectivo é descentralizar as reuniões, procurando aproveitá-las,
para tomar contacto com as realidades e necessidades locais. Pretende-se assim
conhecer de mais de perto os problemas com que as nossas populações se
confrontam, com o intuito de elaborar propostas que contribuam para a sua
resolução.
Nesta visita à Freguesia de Lorvão, em que estiveram presentes
os vereadores eleitos pelo PSD assim como o deputado Maurício Marques, foi
possível verificar as seguintes situações, relativamente às quais foi manifesta
a preocupação dos cidadãos contactados:
  • Degradação do pavimento da Estrada Roxo/Aveleira e dos
    arruamentos da Aveleira, Roxo e S. Mamede afectados pelas obras de saneamento e
    renovação da rede de águas terminadas em 2006;
  • Degradação do centro histórico de Lorvão;
  • Não concretização da mudança da Extensão de Saúde de Lorvão para as novas instalações entretanto criadas, cujas obras ficaram concluídas em Outubro de 2011;
  • A intenção da construção da mini-hídrica na Foz do
    Caneiro; 
  • Necessidade de construção do Centro Escolar da Aveleira,
    conforme consta da Carta Educativa do Concelho;
  • Falta de coberta nas redes de telemóvel (Vodafone, Optimus e
    TMN) nomeadamente na Aveleira e no Roxo;
  • Execução da rede de drenagem de águas residuais em Chelo.

Na visita à Freguesia de Lorvão, foi possível constatar também
a concretização do projecto deixado pelo anterior executivo no que refere à
construção do Centro Escolar de Lorvão, cujo projecto ficou concluído no início
de 2009. É com regozijo que o PSD Penacova assiste agora à concretização de um
projecto para que tanto se empenhou.
Não pode deixar também de ser enaltecido o investimento efectuado
entre 2005-2009 (executivo PSD) na cobertura de rede de saneamento e melhoria
da rede de abastecimento de águas na freguesia. Entre 2005 e 2009 concretizou-se
uma cobertura de mais de 75% da população abrangida por rede pública de
saneamento básico, tendo sido construídas cinco novas ETAR’s na Freguesia. A
Freguesia de Lorvão ficou assim na linha da frente, a nível nacional, na
cobertura por rede de drenagem de águas residuais. Apresentando-se Lorvão como um
exemplo a seguir neste domínio.
Dos problemas verificados mereceu muito especial atenção a acelerada
degradação do Centro Histórico da vila de Lorvão, zona urbana de relevante
interesse não só pelo enquadramento com o Mosteiro mas também pela singularidade
de algum edificado. O PSD Penacova entende que deve ser desenvolvida uma
estratégia com vista à recuperação daquela zona da Vila de Lorvão.
Entende que deve ser delineada uma intervenção a médiolongo
prazo com vista à consolidação de Lorvão como Centro Histórico com potencial de
atracção turística à escala Nacional e internacional. A este respeito, não pode
deixar de ser referido que os últimos dois anos foram completamente perdidos na
atenção dispensada pela Câmara Municipal de  Penacova ao valor patrimonial
e turístico de Lorvão. Mas intervenções urgente que o Município deve
desenvolver com vista a evitar o colapso ou degradação irreversível de algum
edificado, nomeadamente devem ser articuladas com os particulares obras de
emergência, que a Câmara Municipal deve apoiar financeiramente.
Mereceu atenção também o estado deplorável a que o Município
deixou chegar a Estrada Aveleira/Roxo e os arruamentos principais de S. Mamede,
Aveleira e Roxo, não entendendo a demora na intervenção naquelas infra-estruturas
rodoviárias, exigindo-se por isso, secundando a posição já tomada pelos
autarcas da Freguesia, uma rápida intervenção do Município.
Da visita, que foi acompanhada pelo Sr. Deputado Maurício Marques, ficou mais uma vez a transmissão do empenho, por parte deste responsável político, no sentido de evitar a construção da Mini-Hcidrica da Foz do Caneiro, deixando a todos mensagens de esperança de que esta obra, lançada pelo Governo do Engº Sócrates e que a tanto mal sujeitaria o Rio Mondego, jamais se concretizará.

O PSD Penacova iniciou assim uma atitude política que se pretende seja uma fazer política, através do contacto com a população e proximidade com os seus problemas. Envolvendo os responsáveis do partido num debate intenso e construtivo sobre os problemas concretos das pessoas, centrando as atenções naquilo que interessa aos cidadãos e que contribui para a melhoria das suas condições de vida. 
O PSD Penacova tem como referência de debate, relativamente ao concelho, os factores de competitividade da nossa terra, aquilo que nos possa diferenciar e que possa ser transformado em riqueza. Continuamos a afirmar que não é a imitação do que se passa noutros concelhos, a repetição
das mesmas iniciativas desenvolvidas noutros locais que contribui para a nossa
riqueza colectiva. É necessária inovação! Estas visitas às Freguesias servem como
aprofundamento de conhecimento e geração de debate, imprescindíveis para a construção de
alternativas