Biblioteca Municipal promove hora do conto para mães e filhos

0
3
Para comemorar o Dia
da Mãe, a Biblioteca Municipal de Penacova realizou uma hora do conto
para as mães assistirem com os seus filhos, depois do seu dia de
trabalho. Assim algumas mães participaram e ouviram as histórias
“Coração de mãe”, “Adivinha quanto eu gosto de ti” e “Quero uma mamã
robot”.
Histórias que falaram de
cardiologistas e outros cientistas que fizeram uma descoberta que veio
espantar o mundo. Ao observarem, ao detalhe, um coração de mãe
descobriram que este órgão não é apenas um músculo que bate sem parar…
mas sim um lugar mágico onde acontecem as mais extraordinárias das
coisas. Os cientistas descobriram que o coração de mãe está ligado a
cada coração de filho por um fio fininho, quase invisível. E é por causa
desse fio que tudo o que acontece aos filhos, faz acontecer alguma
coisa no coração de mãe. Quando os filhos dão gargalhadas, o coração de
mãe até canta. Quando um filho está triste, o coração de mãe parte-se em
mil bocadinhos. Quando um filho fica doente, o coração de mãe fica às
pintinhas (e muito mais pequenino…). Mas o coração de mãe volta a
crescer  quando um filho se sente finalmente melhor!”.
Depois
ouviram que quando gostamos muito de alguém e queremos encontrar uma
maneira de descrever como os nossos sentimentos são grandes, não é
fácil. O amor não é coisa fácil de medir!
Finalmente
ouviram a história de um menino que achava que a sua mamã verdadeira
nunca tinha tempo para ele. Pelo contrário, uma mamã-robot, além de ter
muito tempo, fazia todas as suas vontades. E nunca gritava… Senão,
desligava-a com o telecomando! Mas será que uma mamã-robot cheirava tão
bem e sabia fazer cócegas como uma mamã verdadeira? 
NI/MP