Desabafos Editais

0
4
Na semana passada numa das minhas
incursões pelo facebok encontrei um “desabafo” acerca da afixação do Edital da
vacinação anti-rábica no lugar de Chelo, Freguesia de Lorvão.
Numa primeira leitura concordei
com o desabafo, hoje continuo a concordar com ele, mas o que está por detrás
dele já não posso concordar na íntegra.
É muito fácil chutar a bola para
o outro lado, neste caso a recepção e publicação do Edital.
Antes de passar a contar a
história anti-rábica, não posso de deixar de escrever, que acima de qualquer
quezília político-partidária estão as pessoas e os animais também.
O referido Edital da vacinação
chegou a Chelo no próprio dia da vacinação, porquê?
Porque foi nesse dia que o Edital
chegou pelo correio ao café Manecas para ser afixado, como é lógico muita gente
não teve conhecimento e ficaram dezenas de cães por vacinar segundo li nesse
desabafo.
Numa troca saudável de
comentários ao desabafo, comecei a perceber que estavam a tentar
responsabilizar a Câmara Municipal de Penacova pelo atraso do envio e da
fixação do Edital, mas como eu não tinha a certeza de quem era a
responsabilidade, resolvi informar-me com quem tem competências para tal e
enviei um e-mail para Direcção de Serviços de Saúde e Protecção Animal, ao qual
recebi a seguinte resposta:
“Ex. Sr.
Em resposta à sua questão, informa-se que conforme previsto no Artigo
4º da Portaria 81/2002, de 24 de Janeiro devem, quer as juntas de freguesias,
quer as câmaras municipais promover a ampla divulgação dos editais, indicando
os locais, dias e horas das concentrações, bem como o valor das taxas a pagar,
através da afixação dos editais nas áreas respectivas.
Ainda, no mesmo Artigo está previsto que as câmaras municipais deverão
também publicar oportunamente nos respectivos boletins municipais a calendarização
das concentrações extraída dos editais.
Com os melhores cumprimentos,
Divisão de Profilaxia e Polícia Sanitária Direcção de Serviços de Saúde
e Protecção Animal
Direcção Geral de Alimentação e VeterináriaLargo da Academia Nacional
das Belas Artes, nº2 – 1249-105 Lisboa.”
Depois de ler a resposta da Direcção
de Serviços de Saúde e Protecção Animal e de ficar a saber que a carta com o
Edital para ser afixado chegou ao Café Manecas na segunda-feira (dia da
vacinação anti-rábica) com o remetente a Junta de Freguesia de Lorvão, penso
que está tudo ou quase tudo explicado, para mais segundo também li a Junta de
Freguesia recebeu o expediente referente à vacinação anti-rábica que enviou
para ser afixado na quarta-feira anterior.
Não estou a fazer juízos de valor
seja de que espécie for nem a responsabilizar ninguém pelo sucedido, porque se
calhar as falhas foram de varias pessoas e organismos e não é isso que está em
causa mas sim os direitos dos animais.

Leitor devidamente identificado

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui