O Centro de Bem Estar Social da Freguesia de Figueira de Lorvão promove “Férias em Movimento”

0
0
Centro
de Bem Estar Social da Freguesia de Figueira de Lorvão 
vai
promover para as férias de verão o projeto “Férias em Movimento” que abrange
crianças dos 03 aos 10 anos de idade.
Este projeto pretende ser um
guia orientador da ação ducativa, pedagógica e ocupacional a desenvolver ao
longo das férias de Verão de 2012 na resposta de Centro de Atividades Tempos
Livres (C.A.T.L.), para crianças dos 03 aos 10 anos de idade.
Com o desenvolvimento deste,
projeto apoiar as famílias na ocupação dos tempos livres dos seus educandos
assim como, dar oportunidade às crianças de terem umas férias diferentes e
saudáveis.
Tem
como objetivo promover o desenvolvimento global de todos as crianças, proporcionando-lhes
experiências diversificadas que permitam explorar diferentes áreas do
conhecimento. Desta forma, pretende-se que os mesmos tenham contacto com a
arte, com a música, com a natureza, com o desporto, com o teatro, com a praia e
com outras áreas do quotidiano que contribuam para a sua maturação
bio-psico-social.

Desta
forma, o presente projeto procurará proporcionar experiências e oportunidades a
cada criança, no sentido de desenvolver aptidões nos domínios sociocognitivo,
psico-motor e intelectual, atendendo a especificidades próprias de cada um e
dos pares.

Para
o desenvolvimento deste projeto considera-se a vertente lúdica indissociável da
vertente pedagógica, complementando-se uma à outra. É através da vertente
lúdica que outras aprendizagens são adquiridas, e que são igualmente
importantes no desenvolvimento da criança.

A
vertente lúdica é complementar à componente pedagógica, através da qual também
se realizam importantes aprendizagens. Todo o trabalho desenvolvido nas
oficinas será planificado e definido em parceria entre e equipa e os
destinatários.

Com
a diversidade de oficinas pretende-se proporcionar-lhes novas aprendizagens em
diversas áreas de modo a descobrir e desenvolver gostos e aptidões.

Com
este, pretendemos manter as crianças ocupadas com atividades diferentes do seu
dia a dia, contemplando ações no exterior, proporcionando assim uma relação com
a natureza.

DESCRIÇÃO DO PROJETO
Como já
foi referido, a equipa considera a vertente lúdica indissociável da vertente
pedagógica, complementando-se uma à outra. É através da vertente lúdica que
outras aprendizagens são adquiridas, e que são igualmente importantes no
desenvolvimento bio-psico-social da criança. Assim sendo, todo o trabalho
desenvolvido nas oficinas é definido em parceria pelos técnicos, e pelos
destinatários do projeto. Com a integração das crianças nas oficinas
pretendemos a criação de um ambiente social de respeito pelas diferenças e de
responsabilização individual de comportamentos.

Com a
diversidade das oficinas pretende-se proporcionar novas aprendizagens, de modo
a descobrir e desenvolver gostos, aptidões e que as crianças usufruam de um
leque diversificado de atividades, de modo a ocupar o tempo livre de férias de
verão.

As
diferentes iniciativas visadas apelam à organização e utilização de
instrumentos simples, exigindo, contudo, uma contínua adaptação ao quotidiano
do trabalho.

Nesse
sentido, através do trabalho de projeto, será possível criar um ambiente de
aprendizagem ativo e aberto, visando a concretização de uma ou mais
intenções/iniciativas; aproveitando todas as capacidades de cada membro do
grupo-alvo e dos técnicos (integração de saberes); visando a realização de um
trabalho conjunto, planificado e organizado de comum acordo.

Pretendemos
sempre que possível, desenvolver o máximo de atividades no exterior,
contemplando passeios a diversos locais do concelho ou distrito.

FUNDAMENTAÇÃO DO PROJETO
O
desenvolvimento deste projeto deve-se à necessidade que existe em ocupar de
forma construtiva os tempos livres da criança.

Atualmente
e devido à evolução da sociedade, as famílias não disponibilizam de tempo, nem
de nenhum dos seus membros para apoiarem e acompanharem os seus filhos durante
todo o dia. Assim, mesmo durante o período de “férias grandes” estes têm de
frequentar as atividades de tempos livres.

Para levar
a cabo este projeto definimos inicialmente que seria a criação de um espaço
onde a atividade lúdica se torna séria, pois ao mesmo tempo que a criança vai
desenvolver uma atividade livre, espontânea de forma dinâmica durante o período
de férias, vai também dar continuidade à sua aprendizagem.

É
importante saber um pouco do desenvolvimento que cada oficina implica na
criança, tendo como suporte alguns estudos que foram realizados por vários
autores.

Através da
oficina da arte a criança pode desenvolver a sua imaginação e a sua
criatividade, possibilitando o desenvolvimento da destreza manual. Para
desenvolver estas atividades serão utilizados materiais reutilizáveis e
materiais da natureza. Pois através destes, a criança pode procurar o seu
próprio modo de se exprimir, ou seja, a criança pode praticar, recolher,
organizar, observar, selecionar, experimentar, refletir e questionar.

A
reutilização destes materiais pode ser uma boa alternativa ao consumismo, pois
assim a criança pode dar largas à sua imaginação, descobrindo e aprendendo a
brincar com a sua própria criação.

A partir
da oficina do teatro/ dramatização, a criança pode explorar o seu próprio
corpo, a sua voz, os espaços e os objetos. Pode expressar através de diversos
meios a sua sensibilidade e desenvolver o seu imaginário.

Ao fazer
dramatizações, a criança vai aprender a adaptar-se a situações de fala
diferentes, a escutar os outros com atenção e a fazer diferentes movimentos e
gestos. Durante esta prática a criança tem que interagir com outras crianças, o
que ajuda na sua socialização.

A criança
necessita de criar confiança em si própria, adquirir uma certa autoconfiança,
para que consiga realizar estas actividades tendo assim um maior
desenvolvimento social.

Com a
oficina da música pretendemos que a criança desenvolva essencialmente jogos
musicais, como meio de formação individual, de caráter social e criativo. Por
esta razão, subdividimos os jogos por três categorias: jogo que contribuem para
o desenvolvimento individual, social e de espírito criativo.

Com o
desenvolvimento de atividades desportivas a criança tem benefícios, não só a
nível físico, como psíquico e social. A nível físico o desporto ajuda a
combater a obesidade, reduz o risco de doenças cardiovasculares, fortalece
músculos, ossos e articulações.

A nível
psíquico, eleva a auto- estima dos praticantes, pois este desenvolve um
conjunto de habilidades que antes não possuía e melhora o seu aspeto físico,
tendo consequentemente uma melhor imagem de si.

A nível
social, o Desporto assume-se como um lugar privilegiado para se realizarem
laços sociais de amizade, permitindo a partilha de sentimentos e dando ao
indivíduo a sensação de pertença a um grupo.

OBJETIVOS
Objetivos gerais
  •  Possibilitar a ocupação de forma saudável das crianças em períodos não letivos
  •  Desenvolver aprendizagens novas
  •  Apoiar
    os pais na educação dos seus filhos durante o período de férias
  •  Promover
    atividades que despertem o respeito e interesse pela natureza e bens naturais
  •  Desenvolver atividades que envolvam novos parceiros sociais
  •  Dar
    oportunidade às crianças de participarem numa colónia de férias aberta

Objetivos específicos

  • Alcançar
    uma progressiva habilidade e agilidade manual
  • E xpressar-se livremente, mediante diversas técnicas
  • Desenvolver o espírito de equipa
  • Aumentar o sentido de cooperação entre os participantes
  • Ocupar
    o tempo livre
  •  Valorizar os trabalhos desenvolvidos pelos utentes

DESTINATÁRIOS

Os destinatários deste projeto são
crianças com idades compreendidas entre os 03 e os 10 anos. Estes serão
subdivididos em dois grupos distintos dos 03 aos 05 e dos 06 aos 10 anos. As
atividades serão programadas especificamente para cada faixa etária.

LOCALIZAÇÃO
O presente projeto realizar-se-à na Freguesia de Figueira
de Lorvão, concelho de Penacova.
A execução prática desta iniciativa está prevista para
funcionar nas instalações do CATL (Centro de Atividades de Tempos Livres).
Algumas atividades irão realizar-se na antiga Escola Primária de Telhado, Campo
do União Futebol Clube, Associação Filantrópica do Lugar de Figueira de Lorvão,
sala do grupo de Jovens Mensageiros da Alegria

AVALIAÇÃO

O trabalho desenvolvido ao longo do
período de férias será avaliado periodicamente. Esta avaliação terá como
objetivo verificar os pontos altos e baixos de todas as atividades. Também se
pretende verificar se os objetivos estão a ser cumpridos com sucesso e se não,
qual o motivo.

Por sua vez, é com a avaliação
continua que se poderá ultrapassar os pontos menos positivos ou falhas
existentes ao longo do projeto
Os métodos de avaliação que serão
utilizados serão:
– Reuniões quinzenais, afim de
avaliar todo o trabalho realizado durante a semana e programar semanas
seguintes;
– Caixa de opiniões/sugestões,
nesta os diretos e familiares poderão colocar a sua opinião relativamente ao
trabalho ou atividades realizadas e dar sugestões para possíveis trabalhos
futuros;
– Conversas informais com os
destinatários do projeto para verificar através do diálogo/conversa se estes
estão satisfeitos com as atividades realizadas e se não qual o motivo e
sugestões para próximas atividades;
– No final do projeto será entregue
um questionário aos pais e crianças para verificar o grau de satisfação destes
e o interesse em participar em atividades da mesma natureza futuramente.