Desemprego preocupa novo presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional

0
2

O novo presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento
Regional do Centro (CCDRC), Pedro Saraiva, que assumiu funções na
passada segunda-feira, afirmou hoje estar “particularmente preocupado
com o desemprego” na região.

O apoio à criação de emprego é, “no curtíssimo prazo”, a “principal
prioridade” da CCDRC, sublinhou à agência Lusa aquele responsável, sem,
todavia precisar o montante que prevê afetar a esta área.
O Programa Operacional do Centro (POC) foi aprovado no dia 16 (“por
unanimidade dos autarcas” da região e na sequência do “trabalho
anteriormente desenvolvido”) e os ajustamentos necessários ainda estão a
ser estudados, explicou.
Pedro Saraiva preconizou, no entanto, a criação de “instrumentos
acrescidos de apoio às empresas e ao investimento”, para contribuir para
a criação de novos postos de trabalho e, por outro lado, para apoiar as
exportações da região, que “já exporta mais do que importa”.
Sendo um fim em si, o combate ao desemprego — “grande problema da
região e do país” — também se inscreve na promoção da coesão social da
região, que o novo presidente da CCDRC também quer promover.
Área caracterizada por uma acentuada diversidade, com “grandes
virtualidades, que devem ser potenciadas”, a Região Centro tem de
continuar a apostar na competitividade e no desenvolvimento e não apenas
no plano estritamente económico, mas também sob todos os ponto de
vista, designadamente ambiental, defendeu aquele responsável.
Embora ainda esteja centrado na execução do QREN (Quadro de
Referência Estratégico Nacional) em vigor, é também necessário começar a
pensar na região e no papel da própria Comissão de Coordenação no
âmbito do próximo quadro comunitário de apoio (2014-2020), sustentou o
presidente da CCDRC, revelando que vai ser iniciado, em breve, “um
processo de reflexão interna para definir o que deve ser a CCDRC”.
Nomeado pelo Ministério da Agricultura, Mar, Ambiente e Ordenamento
do Território para suceder a Norberto Pires na liderança da CCRDC em 11
de julho, Pedro Saraiva já ocupou este lugar entre 2004 e 2006, mas fez
questão de sublinhar que não se trata de “um regresso ao passado”, antes
de “um desafio para o futuro”.
Catedrático da Universidade de Coimbra e administrador da Sociedade
Portuguesa de Inovação, Pedro Saraiva é presidente do conselho
consultivo do Clube de Empresários de Coimbra e membro do conselho
consultivo do Exploratório Infante Dom Henrique e da comissão de
estratégia da Associação Portuguesa da Indústria Cerâmica.
Deputado do PSD até ao momento em que assumiu a presidência da
CCDRC, Pedro Saraiva foi vice-reitor e pró-reitor da Universidade de
Coimbra, entre 2007 e 2009, e em 2003 e 2004 e entre 2005 e 2007,
respetivamente.
[fonte]