POLÍTICA – Candidato do PSD à Câmara de Penacova, só será conhecido em 2013

0
4



Seis das 17 comissões concelhias do PSD no distrito de Coimbra serão escolhidas este ano, devido à realização de eleições autárquicas em 2013, havendo autarcas social-democratas a liderar quatro daqueles seis municípios.

A Comissão Política Nacional do partido adoptou uma orientação no sentido de se proceder, em 2012, à escolha de dirigentes para as estruturas distritais e locais cujos órgãos cessantes cumpram dois anos de mandato no primeiro semestre de 2013, encontrando-se nesta situação a Distrital de Coimbra.
Os concelhos com lideranças camarárias social-democratas onde haverá eleições para os órgãos locais do PSD são os de Cantanhede, Miranda do Corvo, Pampilhosa da Serra e Vila Nova de Poiares. Em Condeixa-a-Nova e Lousã, cujas câmaras são presididas por autarcas do PS, também haverá sufrágios para os órgãos locais social-democratas.
Em Cantanhede deverá prevalecer a recandidatura do presidente da Câmara (João Moura), tal como em Pampilhosa da Serra (Município liderado por José Brito); curiosamente, ambos os líderes locais do PSD, Helena de Oliveira (Cantanhede) e Jorge Custódio (Pampilhosa) são vice-presidentes de Câmara.
Em Penela avulta a incógnita quanto à escolha partidária para candidatura à liderança do Município. António Alves, que sucedeu a Paulo Júlio (devido à ascensão do ex-autarca a secretário de Estado), deverá dar lugar a um vereador, Emídio Domingues ou Luís Matias Lourenço, para potencial presidente da Câmara. Domingues, que ingressou no executivo camarário com a ida de Paulo Júlio para o Governo, lidera a Concelhia social-democrata e Lourenço é vice-presidente da estrutura partidária.
Nos concelhos de Miranda do Corvo, Montemor-o-Velho e Poiares, o PSD terá de indigitar novos candidatos para as presidências das câmaras, porquanto Fátima Ramos, Luís Leal e Jaime Soares estão impedidos de ser reconduzidos na medida em que se encontram a cumprir, pelo menos, terceiro mandato consecutivo.
Em Coimbra, onde os social-democratas deverão preconizar a recandidatura de João Barbosa de Melo para a principal cadeira da praça de 08 de Maio, a estrutura partidária, eleita este ano, é liderada por Manuel Oliveira.
Ricardo Pereira Alves, que preside ao Município arganilense e à estrutura local do PSD, acaba de ser reconduzido como dirigente partidário e deverá ser proposto para terceiro mandato consecutivo como líder camarário.
Em cinco dos nove municípios do distrito de Coimbra cujas câmaras são dirigidas por autarcas socialistas, Figueira da Foz, Góis, Oliveira do Hospital, Soure e Tábua, o PSD também acaba de eleger líderes locais.
Os candidatos às lideranças dos municípios onde o PSD aspira, pelo menos, a terceira vitória consecutiva irão ser conhecidos até ao final deste ano. É o caso do de Coimbra, onde uma coligação liderada por aquele partido, encabeçada por Carlos Encarnação, triunfou em 2001, 2005 e 2009.
Para os concelhos em cujas câmaras o PSD é oposição e para aqueles em que os presidentes social-democratas se encontram em terceiro mandato (impedidos de ser reeleitos) os candidatos estarão escolhidos até 31 de Março de 2013.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui