Comunicado PS Penacova

0
3

O Partido Socialista de Penacova entende dever dirigir-se aos
cidadãos do concelho tomando posição sobre o recente anúncio feito pela
coligação PSD/CDS-PP em Penacova.
Foi com estupefação que a população recebeu a
notícia de que o primeiro candidato da coligação PSD/CDS-PP à Assembleia
Municipal de Penacova é o Sr. Eng. Maurício Marques. Isto porque este candidato
não participou numa única sessão da Assembleia Municipal de Penacova, durante
estes quatro anos, tendo para tal sido eleito pelo povo penacovense. Este
desprezo que demonstrou ter pelo concelho que tantas vezes o elegeu, merece o
nosso veemente reparo. O povo merece saber a verdade. A verdade é esta e
demonstra uma gritante falta de humildade democrática!

Por outro lado, o Sr. Eng. Maurício Marques,
sendo deputado do PSD, preferiu ser agradável ao seu partido em detrimento da
sua terra. Deu concordância à extinção de freguesias de Penacova. A gravidade
deste facto acentua-se no período de crise em que vivemos, quando as Juntas de
Freguesia e as estruturas autárquicas de proximidade, o chamado poder local, é
o primeiro porto de abrigo que acolhe as famílias que passam por necessidades
mais pungentes e que vivem em situação de carência e necessidade. Estas
estruturas não só ajudam a sinalizar os casos, porque os conhecem de muito
perto, como muitas vezes, conjuntamente com as associações e o município lhes
dão o primeiro apoio. Apoiar a extinção de freguesias em Penacova é ser contra
os reais interesses do concelho. O PS lutou contra isto e lamenta que a
coligação PSD/CDS-PP e em particular o Sr. Eng. Maurício Marques não se tenha
oposto e não tenha estado com o PS ao lado dos penacovenses.
O PS de Penacova gostaria ainda de sublinhar o
efeito nefasto de austeridade, devastação social e menosprezo pelas pessoas que
tem a assinatura da coligação PSD/CDS-PP no Governo. Este facto, por si só,
devia ser suficiente para que as estruturas locais destes dois partidos deixassem
de se regozijar pelas candidaturas conjuntas que estão a montar, como é o caso
da que se apresentou em
Penacova. A
coligação PSD/CDS-PP é a mão visível que ceifou e
destruiu mais de 400 mil postos de trabalho no país nos últimos dois anos, que
cavou o fosso da desigualdade entre ricos e pobres, que infligiu dificuldades
agravadas para as pessoas, que impôs uma saúde mais cara, que semeou mais
injustiça, que impulsionou menos emprego e cada vez mais dívida. Para além de
um atentado ideológico à conquista civilizacional de um Estado Social digno
para todos os cidadãos. Quando se esperava que estes dois partidos – que passam
rasteiras mútuas entre si no governo e dão sinais de desconfiança um do outro –
não contaminassem com a sua coligação as autarquias locais, eis que o seu
projeto avança mesmo, para estupefação de todos.
Ricardo Simões
Presidente da CPC de Penacova do Partido
Socialista