FESTAS DO MUNICÍPIO – Homenagens, inaugurações, música, humor e até os doces sabores conventuais marcam Festas do Município

0
3
Município volta a organizar
festas do concelho, depois de um ano de interregno, devido ao “receio” provocado
pela Lei dos Compromissos
Penacova está em festa entre amanhã,
feriado municipal, e o próximo domingo, com um programa que prevê homenagens,
inaugurações, música, humor e até os doces sabores conventuais. Com um
orçamento a rondar os 40 mil euros, as festas regressam à vila, depois de, em
2012, o executivo ter optado por não organizar um programa comemorativo, com
«receio» de eventuais condicionalismos relacionados com a Lei dos Compromissos,
que tinha sido publicada meses antes, lembrou Humberto Oliveira.
«Não quisemos correr o risco.
Mas, passou um ano e já temos mais perceção da aplicação da lei», explicou o
presidente da Câmara Municipal de Penacova, acrescentando que, neste período,
também se registou «uma evolução financeira no município» que permite a
realização das festas, pela terceira vez. Os festejos têm início amanhã,
feriado municipal, pelas 10h00, com o hastear da Bandeira, Hino Nacional pelas
filarmónicas do concelho e deposição de flores no busto de António José de
Almeida. Com a presença do secretário de Estado do Desenvolvimento Regional,
Castro Almeida, segue-se a cerimónia de inauguração do parque de estacionamento
municipal, junto aos Paços do Concelho, a funcionar desde os finais de 2012.
Resultado de um investimento de 725 mil euros mais IVA, o parque, até agora de
uso gratuito, passa a ser pago, adiantou Humberto Oliveira.
O programa continua no auditório
da Biblioteca Municipal, com a sessão solene e, às 16h00, as comemorações
concentram-se nos claustros do Mosteiro de Lorvão, com a apresentação do livro
“Doçaria Conventual de Lorvão”, de autoria de Nelson Ferreira Borges. Para lá
dos conhecidos pasteis de Lorvão e nevadas, esta obra literária revela tentações
menos conhecidas, o que leva Humberto Oliveira a lançar o «desafio» a potenciais
empreendedores que desejem ter «um aproveitamento económico».
O feriado termina com espetáculo
de ballet “A Floresta Encantada”, pela Escola Adição de Luz. Até sábado há
ainda mais três propostas. Quinta-feira, é celebrado um protocolo com o fotógrafo
Varela Pècurto para doação do seu espólio sobre Penacova ao município. Sexta,
arrancam as comemorações dos 500 anos do Foral Manuelino e sábado é inaugurada
uma exposição de Luís Artur Pereira e decorre uma conferência sobre o Mondego.
Câmara doa 5% da receita de bilheteira das festas no Verde aos
Bombeiros Voluntários
O Parque Verde é o palco da animação,
entre quinta-feira e domingo, com propostas, que variam entre nomes conhecidos,
como os Anjos (sexta-feira) ou Herman José (domingo) e artistas com origens no concelho.
É o caso de Ruizinho de Penacova, quinta-feira, com o bilhete a 1 euro (nos
restantes dias, o ingresso custa 3 euros) ou Mickael e Steven, também na sexta.,
dia em que actua ainda a Banda RM. Sábado, João Seabra e Rui Xará, Banda Red e
Dj Mister S fazem a festa, que termina domingo com Herman e Pedro Ramos. Não
faltarão 24 tasquinhas na festa que doa 5% da receita de bilheteira aos
bombeiros.