Travanca do Mondego presta homenagem a figuras da terra

0
2
Na celebração do Dia da Freguesia pela última vez, Junta promovem programa de animação e agradece o empenho de alguns filhos da terra.

Com o horizonte de agregação a Oliveira do
Mondego, Travanca do Mondego está a celebrar o Dia da Freguesia, evocando o
patrono, São Tiago. Amanhã vive-se o momento grande desta jornada, com a realização
da sessão solene, onde vão ser homenageadas três personalidades emblemáticas da
freguesia.
A João Azadinho, que está a terminar o seu
primeiro e último mandato como presidente da Junta, deve-se esta comemoração do
Dia da Freguesia, iniciada há quatro anos. Na estreia, recorda, «homenageámos os
antigos presidentes de Junta», seguindo-se um tributo às duas instituições da freguesia,
a Associação Recreativa e o Centro Paroquial. No ano passado a freguesia rendeu
homenagem aos Bombeiros Voluntários de Penacova e este ano «vamos homenagear três
pessoas», diz o autarca, sublinhando que, embora se trate de pessoas que nunca
assumiram um cargo de liderança, são uma «uma referência na freguesia ».
D. Albertina, a costureira da terra, é uma das
personalidades que a Junta pretende homenagear pela sua «intensa colaboração e
apoio». Para quem não sabe, é ela quem assume a confecção dos belíssimos trajes
usados pela Marcha de Travanca do Mondego. Um trabalho intenso, pois o grupo é
numeroso, e inteiramente gratuito. Mas também Palmira Viseu recebe um preito de
homenagem, pela sua acção junto do Centro Paroquial. Sobretudo, explica João
Azadinho, porque mantém em funcionamento, «com muitas dificuldades », o
jardim-escola mais antigo de Penacova, criado pelo padre Veiga. Mesmo em vida
do sacerdote, era ela quem fazia a gestão do espaço, que assumiu  por inteiro após a sua morte.
A presença masculina é assegurada, nesta
sessão de homenagem, por Tomé Teixeira, um homem que já passou os 80 anos e «é
uma figura emblemática da freguesia». Faz parte do rancho e está sempre na “linha
da frente”, sendo ele que, na visita pascal, leva o sino de porta em porta.
«Sendo este o último dia da freguesia,
entendemos homenagear estas três pessoas, símbolos da força de Travanca do Mondego»,
personalidades que «nunca subiram ao palco, mas são verdadeira estrelas», adianta
o autarca.
As comemorações do Dia da Freguesia começaram
quinta-feira, com uma eucaristia em honra de São Tiago, padroeiro da freguesia,
que incluiu um piquenique e hoje há, a partir das 21h30, um espectáculo musical,
no Parque Padre António O. Veiga e Costa, com a Escola de Música da freguesia e
o Quarteto de Guitarras de Coimbra Aeminium. Amanhã realiza-se a sessão solene,
às 17h30, seguindo-se a actuação do Grupo de Cavaquinhos da Rebordosa e o
jantar.


Freguesia convidada a realizar hoje uma
visita à Barragem da Aguieira

Surgiu à última hora, mas suscitou
uma «adesão extraordinária». Em causa está uma visita guiada ao interior da
Barragem da Aguieira que a Junta, em colaboração com a EDP, organizou, e se
realiza hoje de manhã. Ontem ao princípio da tarde as inscrições rondavam a
centena. «A barragem está aqui, a dois quilómetros, há 30 anos, e há muita
gente na freguesia, sobretudo os mais velhos, que nunca a visitaram », refere
João Azadinho, que entendeu ser uma oportunidade para colmatar essa “falha”,
convidando a população a visitar a barragem. A adesão reflecte o sucesso da ideia.

Jornalista Manuela Ventura