ELEIÇÕES – Humberto Oliveira reeleito com margem confortável

0
3
Reeleito para um segundo mandato à frente dos destinos da
Câmara de Penacova, Humberto Oliveira declarou que o resultado «foi um
reconhecimento do trabalho e do esforço que foi realizado nos últimos quatro anos».
O socialista quer no próximo mandato «desenvolver o concelho
a nível económico», meta que considera «fundamental, mas não descarta a aposta
«no turismo e noutras áreas importante, como for ma de tornar o concelho cada
vez mais competitivo».
Humberto Oliveira frisou que vai gerir a autarquia de
Penacova, nos próximos quatro anos, «com mais experiência e maior empenho, o
que se vai traduzir num maior rigor».
A vantagem confortável – maioria absoluta – que o PS con
seguiu nesta eleição vai permitir ao executivo continuar a gestão da autarquia
de forma autónoma.
Das oito freguesias do concelho, o PS venceu seis, perdendo para
a coligação PSD/CDS a União das Freguesias de Friúmes e Paradela da Cortiça e
S. Pedro de Alva e Travanca do Mondego.
PS fala em
“vitória histórica” no distrito com a conquista de 12 dos 17 municípios
Pedro Coimbra, presidente da Federação
de Coimbra do Partido Socialista, felicitou ontem a democracia e todos os
candidatos de todos os partidos, ao considerar que o resultado no distrito é
«histórico para o PS», nunca alcançado em dez eleições
autárquicas. Não há memória de um resultado assim, frisou, ao destacar a
vitória em 12 dos 17 concelhos. Ao discursar no hotel Astória, em Coimbra,
momentos antes da chegada de Manuel Machado,
Pedro Coimbra aludiu às conquistas dos municípios de Miranda do Corvo,
Montemor-o-Velho e Vila Nova de Poiares, fruto «da qualidade dos candidatos e
dos projectos
socialistas».
Devem ser retiradas ilações destes
resultados, observou, ao frisar a derrota do principal adversário no país.
Quanto à vitória em Coimbra, que nos últimos 12 anos tem sido gerida pela
Coligação por Coimbra, liderada pelo PSD, Pedro Coimbra considerou-a uma
vitória com uma dimensão regional e nacional. Coimbra «afirma um projecto
político significativo no país», disse, voltando a sublinhar o resultado como
histórico. De resto, Pedro Coimbra seria mesmo
elogiado pelo seu congénere social-democrata. Marcelo Nuno, presidente da
Distrital do PSD, atribuiu «mérito» a Pedro Coimbra no resultado eleitoral no
distrito. No rescaldo das autárquicas, Marcelo aludiu «a circunstâncias
especiais que explicam os resultados em cada concelho».
[fonte]

Veja mais fotos AQUI