FOLCLORE – 35 anos de vida do Rancho do Zagalho e Vale do Conde

0
3


Zagalho e Vale do Conde, em 22 de Novembro de 1980 eram
homenageados os fundadores Manuel Silva Antunes, Alberto Paula Rosa, Artur
Santos Carril e António Silva Mendes, para depois, em 10 de Julho de 1993, ser
inaugurado o Centro Cultural, que passou a ser sede do Rancho.

É uma sede simples, em tosco ainda, que precisa de obras tanto interior
como exteriormente. Agora, como o grupo detém a propriedade do espaço, o
presidente da União de Freguesias de Friúmes e Paradela, Andrade Fernandes,
tendo sido elemento do grupo, com sua esposa durante 15 anos, tudo fará o que
estiver ao seu alcance para dar mais dignidade ao espaço, tanto mais que o
Rancho de Zagalho e Vale do Conde tem levado a cultura e a etnografia do
concelho de Penacova a quase o espaço nacional.

Para celebrar os 35 anos de vida do grupo, participou o Grupo Folclórico
de Palmar de Oliveira de Azeméis, que depois do almoço, servido localmente, se
exibiu em palco, conjuntamente com o aniver­sariante, numa tarde que, embora
chuvosa, não arrefeceu a alegria que todos mantinham dentro da sede do grupo
anfitrião.

Refira-se que as aldeias de Zagalho e Vale do Conde, em termos rurais,
foram duas pequenas comu­nidades que se dedicaram à cultura do linho e por isso
mesmo mantêm a tradição com a instalação de um tear, onde se demonstra a
transformação do linho e também a lã de ovelha em termos de fiação.


Andrade
Fernandes, presidente da Junta de Freguesia de Friúmes- Paradela, deixou a
disponibilidade da autarquia para que ao espaço se dê outra dignidade 


Natália Marcelo (78 anos) e Artur dos
Santos Carril (93 anos), são duas figuras que, apesar da idade, mantêm-se no
seu posto há 35 anos