MONTARIA – Friúmes “volta a abrir” caça ao javali

0
3
A tradicional montaria ao javali de Friúmes, Penacova,
realiza domingo a sua 10.ª edição. A “caçada”, que costuma levar ao concelho
caçadores oriundos de todo o país, está cuidadosamente a ser preparada pela
Reserva de Caça da Freguesia de 
Friúmes, a organizadora.

«A mancha será na freguesia de Friúmes, porém, apenas três
ou quatro pessoas sabem o local exacto, para que não existam quaisquer
problemas no decorrer da montaria e para garantir a presença dos animais», refere
Miguel Santos.

O membro da Reserva de Caça da Freguesia de Friúmes sublinha
que «o principal objectivo das montarias é o controlo do número de espécies», para
que os javalis «não estraguem as culturas», nomeadamente, «a do milho, que é
uma cultura de subsistência, e a vinha ». Destaca, igualmente, o «espírito de
confraternização» que existe neste tipo de iniciativa, bem como a “arte” de
«bem receber das gentes de Friúmes».
Miguel Santos revela ainda que a montaria «está limitada a
70 caçadores», justificando a restrição devido «à área da mancha e por uma
questão de segurança dos próprios caçadores ». A concentração está marcada para
as 8h30, na Quinta da Nora, em Miro, e após o taco (pequeno almoço) a
organização transporta os caçadores para a mancha. As portas serão, então,
sorteadas, e lançada a matilha de cães que anda pela mancha a encaminhar os
javalis para as portas onde se encontram, pacientemente, os caçadores à espera
da sua “presa”.
Por volta das 14h30/15h00 haverá lugar ao almoço convívio,
findo o qual se dará o sorteio de uma das peças de caça e do leilão das
restantes, caso a montaria tenha sucesso. As inscrições encerram hoje e podem
ser feitas pelo número 966545521 (Miguel Santos). R.B.