PEDOFILIA – Condenado a 18 meses por abuso sexual de criança

0
3

Um homem de 52 anos, morador em
Santa Cristina
 (Santo Tirso) e
camionista de profissão, foi esta semana condenado pelo Tribunal de Penacova a
18 meses de prisão (com pena suspensa) pela prática de um crime de abuso de
crianças. José Mendes terá ainda de pagar 3.000 euros, a título de danos
morais, acrescido de juros de mora.

O arguido terá contactado em
2012, através de telemóvel, a menor de 11 anos de idade e moradora no concelho
de Penacova. Nesse contacto, José Mendes dirigiu-se à menor através do seu nome
próprio e quando pediu “para falar” esta desligou o telemóvel. Com receio, a
criança desligou o aparelho celular, tendo recebido até à manhã do dia seguinte
14 mensagens escritas (SMS).

Nalgumas delas, o arguido pede
para falar com a menor em sexo e para “fazer amor au tlm”, podendo com isso
“ganhar 20eu”. “Naquele período, o arguido enviou para a menor uma MMS com a
fotografia de um pénis ereto”, refere a sentença na parte dos factos dados como
provados.

Depois de ter recebido estas
mensagens, a criança contou à mãe “o conteúdo das mensagens que recebeu”, tendo
de seguida feito queixas à autoridade policial. A Polícia Judiciária informou,
em tribunal, que aquele era um dos números usado pelo arguido, tendo sido
carregado em diversas ocasiões por uma amiga sua.

Esta amiga, que foi depor a
Penacova, está a acusar o arguido de crime de violação, tendo sido aberto
processo crime por parte do Ministério Público.

Refira-se que José Mendes está,
neste momento, desempregado, vivendo em casa com o filho de 29 anos de idade e
não possuía, até agora, de antecedentes criminais.
António Alves – Diário As Beiras

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui