NECROLOGIA – Encontrado sem vida na ribeira do Ameal

0
4

Joaquim Francisco Lopes
tinha 93 anos e foi encontrado, ontem, por volta das 10h00, caído numa ribeira,
já sem vida, pela equipa de buscas que palmilhava a zona à sua procura.
Joaquim Lopes residia no Ameal,
Carvalho, com um filho e a respectiva família. De acordo com o comandante dos
Bombeiros de Penacova, Joaquim Francisco terá saído, domingo à tarde, de casa e
não regressou. Ao final do dia, estranhando a demorada ausência, os familiares
e os moradores da aldeia deram início, sem êxito, a uma operação de busca pelas
redondezas.
Ontem, depois da família
ter dado o alerta para a GNR, as buscas foram retomadas, por volta das 8h30,
contando com o apoio de uma equipa de 10 elementos dos Voluntários de Penacova.
Seriam 10h00 quando Joaquim Lopes foi encontrado, «já sem vida, caído numa poça,
na ribeira», refere António Simões.
De acordo com o
comandante, Joaquim Lopes terá percorrido cerca de um quilómetro, com a ajuda
das canadianas que habitualmente usava, entre a casa onde vivia e o local onde
o cadáver foi encontrado.
Os bombeiros retiraram o
corpo, na presença da GNR e o óbito foi confirmado no local, sendo o corpo
entregue à família.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui