UNIÃO DAS FREGUESIAS de Oliveira e Travanca do Mondego celebram Dia da União

0
3
O evento começa hoje, reunindo empresas
e associações da União de Freguesias. Há também tasquinhas e muita animação,
até domingo

A lei impôs a união administrativa, «que
nenhuma das freguesias queria». Todavia, porque “perante factos não há
argumentos”, importa agora «criar o melhor clima de união e promover o convívio
entre as populações» de Oliveira do Mondego e Travanca do Mondego [Penacova] . Este foi o
objectivo que levou o executivo local a promover o Dia da União das Freguesias de
Oliveira e Travanca do Mondego. O programa começa hoje e prolonga-se até domingo.
Luís Pechim, presidente da União de
Freguesias, sublinha a necessidade de «criar vínculos de união entre as duas
comunidades » que, «não tendo rivalidades», também «não tinham grandes relações
de afectividade » que, hoje, consagrada a união administrativa, «importa desenvolver».
E estas festas pretendem dar um passo significativo nesse sentido, «juntando a
população, as associações e colectividades e também as empresas», refere o
autarca, estreante nestas funções, sublinhando que a data escolhida foi a «mais
próxima» da data da união.
A festa do Dia da União das Freguesias
de Travanca e Oliveira vai decorrer na sede da Junta, em Oliveira do Mondego e
espaço envolvente. De resto, é aqui que decorre a “montra” das freguesias, com
as tasquinhas das três associações: Associação Cultural e Recreativa de
Travanca do Mondego, Associação de Oliveira do Mondego 
e Associação do Coiço, a quem compete
gerir as tasquinhas e assegurar a tradicional
característica boa mesa da região.
O espaço conta, ainda, explica Luís
Pechim, com a presença de oito empresas das 
duas freguesias que, assim, se dão a
conhecer ao público. O certame abre hoje às 19h00. Domingo assiste-se à
celebração do Dia da União das Freguesias, com a realização de uma sessão
solene, às 15h00, onde a autarquia vai homenagear a empresa Transportes Marginal
do Mondego que, «se não foi a maior empresa, é o 
maior empregador da freguesia», refere
Luís Pechim, distinguida com o galardão de PME Líder 2013.
Oportunidade, também, para a União de
Freguesias atribuir os apoios à natalidade. Trata-se de uma iniciativa que já
estava em vigor na então Freguesia de Travanca do Mondego, a que Luís Pechim
entendeu dar continuidade na União, e que consagra um apoio às famílias sempre
que nasce uma criança. Neste Dia da União, de acordo com o autarca, são duas as
famílias contempladas, uma da Travanca do Mondego e outra 
de Oliveira do Mondego, uma pelo
segundo filho, outra pelo terceiro filho.
Confiante no efeito mobilizador e de
aproximação deste evento, o autarca pede ajuda a S. Pedro para que corra da
melhor forma e acredita que este Dia da União será para comemorar sempre, de
ora em diante. | Manuel Ventura

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui