FUTEBOL DISTRITAL – União FC em Eiras para sentir o pulsar da condição de líder

0
1
5.ª
jornada União FC regressa ao “quintal” do Eirense no sentido de dar seguimento
à colheita dos bons resultados

Quatro jogos e outras tantas
vitórias é o balanço do União FC que, domingo, vai procurar alcançar um marco
histórico em Eiras por ocasião da 5.ª jornada da Divisão de Honra da AFC, na
qual o avançado Ruben Rodrigues e o médio Pimpão, com 3 e 2 golos cada, tentam
dar seguimento à veia de goleadores.
Na última ronda, o União FC garantiu
três pontos na recepção ao Pampilhosense, face ao triunfo por 2-0, enquanto que
o Eirense “despistou-se” na curta viagem à Pedrulha para defrontar a
Académica/OAF, que com o “professor” da turma escolar José Viterbo (reencontrou
a equipa que orientou nos últimos anos) venceu também por 2-0.
Depois de terem medido forças em
Maio do corrente ano a contar para o Campeonato da Divisão de Honra de 2013/14
– a vitória a sorrir à formação visitante por 2-5 – Eirense e União FC
preparam-se para mais um frente-afrente. Se a formação da “casa”, liderada por
Tó Miranda, não quer voltar a saborear o amargo da derrota, já o União FC,
comandado por Cláudio Garcia, ambiciona conservar a liderança e sair do Campo
Vale do Fôjo com a totalidade dos pontos em disputa.
A somente dois pontos da liderança
surge o Ançã, que espera de um deslize do seu mais directo adversário para o
ultrapassar, mas para isso terá a pela frente, domingo, a missão de receber e
bater a Académica/ OAF, na 7.ª posição, a 3 pontos dos ançanenses.
Carapinheirense recebe Arganil
O Carapinheirense, 3.º classificado,
a 3 pontos do líder, actua perante o seu público contra o “lanterna vermelha”
Arganil, numa tarefa que parece mais facilitada no sentido de “atacar” os dois
lugares da frente. Em igualdade circunstancial estão Académica/SF e Febres (4.º
e 5.º classificado, ambos com 9 pontos), que recebem o Pampilhosense e
Cova-Gala, respectivamente. Trata-se de uma jornada em que o factor casa pode
ter uma importância acrescida, mas ambas as formações visitantes não estão
dispostas a abrir mão às suas legítimas ambições, pelo que cautela e caldo de
galinha nunca fizeram mal a ninguém…
O encontro entre Touring e Vigor
promete ser disputado taco-a-taco e de uma forma bem peculiar. A equipa da
Praia de Mira registou na pretérita ronda um empate caseiro com o Condeixa
(1-1), voltando, uma semana depois, abrir as portas do “Municipal” de Mira,
desta vez para defrontar a formação de Fala que, vem de uma derrota pela margem
mínima (0-1), sofrida em “casa”, com o Carapinheirense. Três pontos separam os
dois emblemas, em que a vantagem pende para o Vigor, que contabiliza 4.
O Penelense está a ter um início de
campeonato preocupante. A 10.ª posição na tabela, resultante de três pontos –
fruto da vitória em casa, por 2-1, com o Touring -, está longe de traduzir o
valor da equipa. Depois da derrota sofrida na Cova-Gala, por 6-4,
a
 
equipa de
Ricardo Silva defronta o Tocha, que também vem de uma derrota com o Ançã (1-0).
Condeixa e Lagares da Beira, ambos
com apenas um ponto na tabela classificativa, pretendem rectificar processos e
distinguirem- se um do outro. A jogar em casa e com o empate registado em Mira,
o Condeixa pode surpreender o seu adversário proveniente da Beira Serra.
Lousanense procura manter liderança
A visita do Lousanense ao Campo da
Serra, em
S. Mamede
, para defrontar o clube local, é
um dos jogos mais aguardados da 5.ª jornada da 1.ª Divisão Distrital da AFC, em
que o conjunto da Lousã vai procurar manter a condição de líder isolada na
tabela classificativa.
O Poiares, 2.º classificado e a
somente um ponto do Lousanense, também tem uma deslocação de contornos
difíceis ao Campo da Serra, na Cheira, para medir forças com a formação do
Mocidade.
Atentos a um deslize dos
primeiros estão as restantes equipas, em que o factor casa pode ter um
papel determinante.
| Carlos Sousa