FEIRA DO MEL E DO CAMPO – Penacova apresenta certame e promete animação para todos

0
4
É
um convite duplo que a Câmara de Penacova lança aos seus munícipes e aos visitantes
e tem como ponto de partida os produtos endógenos da região.
Por
um lado o mel e os produtos do campo, que dão corpo à Feira do Mel e do Campo
2014, por outro os míscaros e sarrabulho, mote para mais um mês gastronómico que
se prolonga até meados de Dezembro. Ontem, numa das unidades de restauração do 
concelho,
o presidente da Câmara de Penacova, Humberto Oliveira, fez o convite à visita, para
mais dois eventos que, como objectivo central têm a promoção do território.
O
Parque Verde de Penacova é o local de paragem entre sexta-feira e domingo, já
que é ali que se vai realizar a Feira do Mel e do Campo, um evento que,
sublinhou Humberto Oliveira, «tem esta forma desde 2010». Ou seja, a festa
realiza-se desde há muitos anos, mas apenas dedicada às castanhas, com um
magusto tradicional, que leva a Penacova a Casa do Concelho em Lisboa.
Mais
recentemente, o mel e os produtos do campo juntam-se à festa que foi
transformada em feira e, este ano como novidade, vai contar com a presença do
programa Portugal em Festa, da SIC. 35 expositores dão corpo ao certame,
mostrando e vendendo mel e outros produtos da região, como carnes, enchidos, hortícolas,
doçaria conventual, entre outros de produção essencialmente familiar.
«Continuamos com o tradicional magusto e a presença da Casa do Concelho de
Penacova», assegura Humberto Oliveira.
Mês
de míscaros e sarrabulho
Na
feira, e pela primeira vez, além dos stands de produtores locais, estão também
dois restaurantes do concelho, que tornam possível as refeições no recinto da
festa. Míscaros e sarrabulho são os pratos de eleição e são também o mote para mais
um mês gastronómico que se prolonga até 15 de Dezembro.
Um
total de 13 restaurantes do concelho aderiram à iniciativa que promove dois dos
produtos típicos do concelho e desta época do ano: o arroz de míscaros e o
sarrabulho. «Todos nós de Penacova nos lembramos da festa que era ir aos míscaros»,
recordou Humberto Oliveira, lembrando igualmente Novembro como o mês «do porco
e da matança» e, como tal, do sarrabulho.
Satisfeito
com a adesão que os meses temáticos estão a ter em que se destaca, pela sua importância
no concelho, o mês da lampreia e o mês dos míscaros – o autarca garante que
cada vez mais pessoas procuram Penacova com o objectivo de degustar as suas
especialidades, dando, assim, por cumprida a estratégia da autarquia que quer
«promover os produtos locais e o concelho» 
Margarida Alvarinhas
Três dias de festa

A abertura oficial da Feira do Mel e do Campo está marcada
para as 18h30 de sexta-feira, estando a animação da noite a cargo de Nuka e os
Smiles. Sábado, o recinto abre as 18h00 e às 19h30 actuam o Grupo Cantar Travanca
e o Grupo de Concertinas do Caneiro.
Às 22h00 actua Mickael & Steven e a Banda
Chiclete. Domingo, às 12h30 decorre o almoço da Casa do Concelho de Penacova, seguindo-se
uma tarde de Portugal em Festa que, a meio, terá o Magusto Tradicional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui