DIVISÃO DE HONRA – União FC recebe candidato Febres com risco de… fuga

0
0

Manter
os padrões de qualidade e oferecer a prenda antecipada aos associados é o
propósito principal da equipa do União FC quando domingo à tarde receber o
favorito assumido Febres. Um jogo de emoções fortes que deverá despertar os
sentidos das gentes dos concelhos de Penacova e Cantanhede, até porque 6 pontos
de diferença começam a ser preocupantes para os visitantes e de alguma
tranquilidade para os visitados.
Até
por via dessa discrepância, o União FC, que apenas desperdiçou dois pontos no
empate (0-0) em Penela, na pretérita jornada, não abdica de esforços para
manter os índices elevados de confiança, pelo que em caso de vitória deixa para
trás um adversário faminto de pontos para prosseguir o sonho da subida.
Apesar
das dificuldades que vai encontrar, o Febres, orientado por Patrício Duarte e
com um jogo a menos, terá pela frente a missão de travar os intuitos dos
comandados de Cláudio Garcia e encurtar caminho para continuar a trilhar o rumo
traçado no início da temporada.
O
Carapinheirense de António Cortesão, também com um jogo a menos, em segundo e a
4 pontos do líder, desloca-se à Pedrulha para defrontar a Académica/ OAF de
José Viterbo. Um jogo que pode provocar mexidas na tabela, em que os
estudantes, no 6.º lugar e a 7 pontos do União FC, jogam uma cartada importante
para definir posições, se bem que os “azuis e brancos” da Carapinheira respirem
“ares” mais purificados.
Depois
do empate a dois golos em Febres, a Académica/SF está motivada para apresentar
argumentos de peso no Estádio Universitário no confronto com o
Penelense – equipa que vem de um
empate com o União FC.
Na
viagem a Lagares da Beira, o Ançã leva na bagagem a legítima ambição de somar
três pontos e manter viva a chama dos lugares cimeiros, situação que aplicada
ao Eirense que recebe o Pampilhosense.
O
Vigor caiu vertiginosamente na tabela e viaja ao Cabedelo para defrontar o
Cova-Gala, numa jornada que contempla ainda o jogo entre vizinhos, com o Tocha
a receber o Touring, enquanto que o Arganil é anfitrião do Condeixa.| Carlos Sousa