ACIDENTE – Colisão no IP3 provoca um ferido grave e dois ligeiros

0
6
Três feridos, um dos quais em estado
considerado grave, é o resultado de um acidente, ontem ao princípio da tarde no
IP3, em Penacova. Tratou-se de uma colisão 
entre um ligeiro de passageiros e uma
viatura de transporte de valores, que circulavam no sentido Viseu-Coimbra. O alerta
foi dado às 14h05.
Por razões ainda não apuradas, houve
um “toque” entre os dois veículos, ao quilómetro 60,4 do IP3, junto ao nó de
Penacova. O ligeiro, onde seguia um casal da zona de Oliveira do Hospital, na
casa dos 60 anos, acabou por capotar, ficando na berma da via, enquanto o
veículo de transporte de valores, da empresa Esegur, acabou por cair para uma
ribanceira.
De acordo com fonte do comando dos
Bombeiros de Penacova, que prestaram assistência aos sinistrados, o casal da
viatura ligeira conseguiu sair do carro pelos seus próprios meios e apresentava
ferimentos ligeiros. Mais complicada revelou-se a situação do passageiro que
seguia no veículo de transporte de valores, que, de acordo com o comandante António
Simões, apresentava várias fracturas. Ileso do acidente, sem necessitar de
assistência, ficou o condutor da carrinha de transporte de valores.
 


O ferido considerado grave e o casal
foram transportados ao Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, onde
receberam assistência. Para o local do acidente os Bombeiros de Penacova
enviaram quatro ambulâncias, uma das quais não chegou a ser utilizada, bem como
a viatura de desencarceramento, uma vez que a vítima considerada em estado grave
estava encarcerada. Todavia, este equipamento acabaria por não ser utilizado,
pois os bombeiros conseguiram abrir as portas do veículo blindado e retirar o
sinistrado do seu interior. Para o local foram mobilizados 13 bombeiros. O Destacamento
de Trânsito da GNR de Coimbra tomou conta da ocorrência e, apesar de alguma confusão
e maior lentidão, a circulação no IP3 não chegou a ser interrompida.

Jornalista Ferreira Santos