FUTEBOL DISTRITAL – Estudantes examinam liderança do União Futebol Clube

0
1
17.ª
jornada Líder e vice-líder da prova encontram-se no Estádio
Universitário a partir das 15h00 de amanhã. Penelense e Febres
estão à espreita
O
relvado principal do Estádio Universitário de Coimbra promete, a
partir das 15h00 de amanhã, ser palco de um exame por parte dos
estudantes da Académica/SF à liderança do União FC. A turma
estudantil, antes de se disputar a 17.ª jornada, apresenta-se em
grande forma fruto de seis vitórias consecutivas na Divisão de
Honra o que lhe permitiu subir à vice-liderança da prova em
igualdade pontual com o Penelense (34) e não deverá revelar-se
presa fácil para o líder de Gavinhos que tem um registo recente
algo intermitente com vitórias e derrotas a sucederem-se.
O
Penelense, vice-líder, recebe o Vigor e esperará, certamente, pelo
resultado entre unionistas e estudantes em que um deles poderá cair.
Com menos um jogo e depois de ter vencido o Carapinheirense (3-1),
surge o Febres que, diante dos seus adeptos, defronta o Touring e não
quer ser surpreendido numa altura em que só depende de si próprio.
Já a equipa da Carapinheira, que não irá desistir facilmente, vai
a Condeixa bater-se com o Clube local esperando perda de pontos dos
que vê olhando para cima para subir na classificativa. Um pouco mais
distanciados do “cume” mais ainda com esperanças, estão os
sub-23 da Académica/OAF a quem a deslocação a Lagares da Beira não
promete facilidades visto estarem numa série de três triunfos
seguidos.
Para
o Pampilhosense (8.º classificado), que anda desde o início da
época com a casa “às costas” e parece nunca mais ter o problema
do seu campo resolvido joga no Municipal Afonso Lacerda, Figueiró
dos Vinhos em vez de Pedrogão Grande, diante do Tocha a quem a
deslocação custará uns “meros” 90 quilómetros de estrada. No
Campo Vale do Fôjo, em Eiras, estarão em confronto o 9.º
classificado (Eirense) e o 11.º posto (Cova-Gala) da prova com
“ganas” de chegar mais acima. Para o Ançã, no 10.º lugar,
tarefa teoricamente mais fácil pois recebe o Arganil que é o
“lanterna vermelha.
Texto de André Freixo