DIVISÃO DE HONRA – Académica/SF e continua a ganhar e deixa o União FC a 2 pontos da liderança

0
2

A
Académica/SF
recebeu e venceu, ontem, o
Condeixa, em jogo a contar para a 18.ª jornada da Divisão de Honra
da Associação de Futebol de Coimbra (AFC) e manteve-se assim na
liderança conjunta da classificação com o Penelense, ambos com 40
pontos.

Numa
partida que se tornou fácil para a Académica/ SF, o primeiro golo
surgiu numa grande-penalidade bem assinalada pelo árbitro, após
corte com a mão do “central” Carlos Paulo – o penálti foi
convertido por João Pereira, aos 18’.


A
Académica/SF voltou à carga e viria mesmo a ampliar a vantagem, com
Dany Matos a aproveitar um “passe a rasgar” da linha média e a
aparecer na “cara” de Dani, encostando para o
fundo
da baliza (29’).


O
Condeixa tentava reagir à desvantagem, mas o melhor que consegui foi
um lance confuso na área dos estudantes, com Hugo
a não aproveitar as duas
tentativas que dispôs:
primeiro, a bola foi bloqueada pela defesa; na segunda tentativa, foi
Brito, com uma boa defesa, a impedir o golo.


Na
2.ª parte, a Académica/ SF viria a ampliar o marcador e, novamente,
por Dany Matos, que aproveitou um cruzamento na linha de fundo do
lateral esquerdo Paiva, aos 63’.


O
resultado final foi estabelecido por Pacheco, que deu a melhor
sequência ao livre marcado por Sandro, cabeceando com êxito para
golo (84’).


Até
final, destaque para Alex, que permitiu mais uma boa intervenção de
Brito, que anulou o golo de honra do Condeixa mesmo em cima da linha.

Texto de Fábio Mendes


Do Castelo e da Universidade há
lutas a travar

Penelense
e Académica/SF continuam, os penelenses com o castelo como
símbolo principal e os estudantes tendo a Universidade como o seu
desígnio maior, a travar a luta pela liderança na Divisão de
Honra. Os dois emblemas venceram Arganil (0-3) e Condeixa (4-0),
respectivamente, e permanecem empatados pontualmente no topo da mais
importante competição do futebol distrital.


O
perseguidor União FC, que foi líder jornadas a fio, teima em
pressionar a dupla e derrubou o Lagares da Beira com um expressivo
4-1. Quem perdeu um pouco de terreno, em jogo com cinco expulsões e
muita gente “amarelada”, foi o Febres diante do Vigor com o
empate a duas bolas. Também o Carapinheirense não conseguiu
ultrapassar um Touring que terminou o encontro com menos dois
jogadores e chegou ao empate (1-1) nessa condição.


No
Cabedelo, o Cova-Gala continua a “mandar” e venceu o Ançã por
3-1 tendo ficado a um ponto do 10.º lugar. O Pampilhosense venceu a
Académica/OAF por 1-0 e entre Tocha e Eirense houve empate (1-1).

Comentário
de André Freixo à 18º jornada