BEIRA AGUIEIRA – Verdes questiona Governo por atrasos salariais na EBA

0
4
O grupo parlamentar de Os Verdes pediu
esclarecimentos ao Governo sobre os três meses de salários em atraso na Escola Profissional
Beira Aguieira (EBA). O que se passa «é de extrema gravidade e merece um esclarecimento
cabal», considera, sublinhando que a «situação se arrasta», dado que os
salários de Setembro e Outubro 
«apenas foram pagos no dia 23 de
Janeiro». Porque a escola alega que os atrasos salarais se devem aos atrasos da
disponibilização de verbas do POPH, Os Verdes considera necessário esclarecer a
situação, «saber quando é que os projetos foram aprovados, quando foram disponibilizadas
verbas e em que montante».
Assim, quer saber, da parte do Ministério
da Educação, «que diligências tomaram no sentido de que seja garantida a regularização
salarial» e «que fiscalização promove o Governo a estas escolas profissionais
que funcionam com verbas públicas ». Ao Ministério do Desenvolvimento Regional
perguntou se, «estando em causa verbas públicas, foi promovido algum acto de
fiscalização à escola ». Pergunta ainda se o Governo não considera «que as verbas
do POPH estão a ser disponibilizadas demasiado tarde às escolas profissionais,
afectando o seu suporte financeiro» e questiona o «que pode ser feito para
regularizar e melhorar essa situação