SAÚDE – Ordem dos Enfermeiros promove ações de formação sobre o Ébola

0
3

A Ordem dos Enfermeiros (OE) realiza dia 17 em Coimbra uma ação de formação
dos seus membros para as especificidades da Ébola, uma infeção altamente
mortal, com especial impacto em África.

Intitulada Ébola – Os enfermeiros estão preparados?, tem
como formadores o Enf. Lino André Sousa da Silva e a Enf. Maria Helena
Cabecinha Guerreiro Lucas. Será ministrada nas instalações da Secção Regional
do Centro (SRC) da OE.

A perspetiva histórica, etiologia, epidemiologia, transmissão e
sintomatologia são alguns domínios da formação, que inclui ainda a abordagem ao
suporte psicológico a doentes e famílias, aos equipamentos de proteção
individual pelos profissionais de saúde e sua demonstração prática sobre o modo
correto de utilização.

A formação é um elemento essencial, principalmente para os profissionais na
primeira linha de contacto com doentes com sintomatologia suspeita,
provenientes dos países afetados, nomeadamente os dos serviços de urgência e
cuidados de saúde primários, afirma a Presidente do Conselho Diretivo Regional
da SRC, Enfª Isabel Oliveira.
  
O vírus Ébola encontra-se em alguns países africanos
em reservatórios naturais, e foi descoberto pela primeira vez em 1976 no antigo
Zaire (atual República Democrática do Congo), perto do rio Ébola, ao qual se
deve o seu nome.

Desde então, foram detetados alguns surtos na África
Subsariana. A epidemia de 2014 na África Ocidental é a maior já registada deste
vírus, tendo causado 4877 mortes e 9936 doentes até 19 de Outubro desse ano. Os
países afetados, com transmissão disseminada, são a Serra Leoa, a Guiné-Conacri
e a Libéria, refere a DGS.