DESPORTO – Penacova DH/Lorvanense foi bicampeão nacional

0
3
«Acima de tudo foi o concretizar
de um sonho». Renato Magalhães, director desportivo do Penacova DH/UD
Lorvanense era, na tarde de ontem, um homem feliz e, relativamente à conquista
do bicampeonato nacional por equipas de downhill afirmou que todos no clube
estão a viver um «sonho tornado realidade». O dirigente recordou que o emblema
penacovense foi criado em 2008 e apenas chegou à inscrição na Federação
Portuguesa de Ciclismo em 2010 e que, nesses tempos, «nunca se esperou alcançar
os feitos actuais», vincou.
O feito foi alcançado na prova de
Porto de Mós e para ele contribuíram os títulos alcançados por Filipa Pares,
que se sagrou campeã nacional nas elites femininas, e Hélder Padilha, que
conquistou o título de melhor do país na categoria de Master 30. João Góis, outro
dos nomes maiores da formação do concelho de Penacova, fechou o pódio em elites
masculinas, tendo também dado o seu contributo. Quem não pôde ajudar foi
Francisco Pardal, “craque” das duas rodas, que se encontra a recuperar de uma
lesão no joelho.
Renato Magalhães reconheceu que a
equipa «conseguiu atingir o topo a nível nacional» mas não parará por aqui. «O
objectivo é alcançar o tricampeonato», reforçou o responsável directivo da
equipa.
Em relação ao futuro, Renato
Magalhães referiu que as participações de João Góis, Filipa Peres, ambos em
Elite, Hélder Padilha (Master 30) e Rui Claudino (Master 50), nos respectivos
mundiais das categorias que irão decorrer em Andorra, no mês de Agosto, são
«motivo de orgulho» para o clube |
 André Freixo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui