FUNDOS ESTRUTURAIS – Comunidades do Centro recebem 354 milhões de euros para desenvolvimento territorial

0
4

A Comissão de Coordenação e
Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) celebra esta segunda-feira pactos
para o desenvolvimento e coesão territorial com as Comunidades Intermunicipais
(CIM) da região, com uma dotação financeira global de 354 milhões de euros.
A cerimónia realiza-se em Coimbra
no auditório da CCDRC, às 16h00, com a participação do ministro-adjunto e do
Desenvolvimento Regional, Miguel Poiares Maduro, e do secretário de Estado do
Desenvolvimento Regional, Manuel Castro Almeida.
A CIM do Oeste é a que recebe a
maior fatia (58,9 milhões de euros), seguida da Região de Coimbra (52,5
milhões) e da Região de Aveiro (48,7 milhões). Seguem-se o Médio Tejo (48,5
milhões), as Beiras e Serra da Estrela (44,5 milhões), a Região de Leiria (40,4
milhões), Viseu Dão Lafões (39,6 milhões) e a Beira Baixa (20,7 milhões).
«A assinatura dos pactos
formaliza a entrega de um envelope financeiro às CIM, o que lhes permitirá
concretizar a Estratégia de Desenvolvimento Territorial que definiram e
garantir uma maior autonomia na gestão dos seus projetos», salienta em
comunicado a Comissão de Coordenação da Região Centro, presidida por Ana
Abrunhosa.
Aquela dotação de 354 milhões de
euros, no âmbito da programação financeira da União Europeia até 2020, inclui
fundos estruturais e de investimento referentes aos programas operacionais
Regional do Centro, Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos e
Inclusão Social e Emprego, bem como do Programa de Desenvolvimento Rural.
Daquele montante, 222,75 milhões
de euros provêm do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), 107,8
milhões de euros integram o Fundo Social Europeu, 4,8 milhões o Fundo de Coesão
e 19,1 milhões o Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural (FEADER).