BATALHA DO BUSSACO – Recriação ao pormenor no próximo sábado

0
3

Mais de centena e meia de
recriadores, vestidos a preceito e com armamento da época, vão reproduzir a Batalha
do Bussaco. Um recuo de 205 anos do tempo, que irá permitir que o público
presente assista, ao vivo e a cores, ao segundo maior ataque das forças
napoleónicas.

As comemorações dos
205 anos da Batalha do Bussaco estão a chegar ao fim, com o evento a terminar,
em grande, este fim de semana, com uma série de iniciativas a decorrerem desde
sexta-feira, dia 25, até domingo, dia 27 de setembro, nos concelhos da
Mealhada, Mortágua e Penacova. A recriação história da Batalha do Bussaco será
o momento alto das comemorações. No domingo, às 12h, as portas de Sula vão
servir de cenário à reprodução da célebre batalha por mais de centena e meia de
recriadores de vários países que, vestidos a rigor e com armamento da época,
vão dar a conhecer ao público presente, tão fielmente quanto possível, o
segundo maior ataque das forças napoleónicas.  
Dia 27 de setembro
de 1810. De um lado as tropas francesas, lideradas por Massena, a subirem a
encosta da Serra do Bussaco. Do outro, as forças portuguesas e inglesas, sob o
comando do general Arthur Wellesley, a defenderem o território e a impedirem a
passagem do inimigo a todo o custo.
Era o segundo maior
ataque das forças napoleónicas e ocorreu precisamente nas portas de Sula, onde
no próximo domingo, pelas 12h, tudo se repetirá. Um recuo de 205 anos no tempo,
que vai permitir a quem estiver presente perceber, ao vivo e a cores, como tudo
aconteceu no 27 de setembro de 1810. Haverá fumo, cheiro a pólvora e o som será
de espingardas e canhões.
A recriação da
célebre batalha será realizada por mais de centena e meia de recriadores,
oriundos de associações napoleónicas de vários países, nomeadamente a
portuguesa, a inglesa e a espanhola. Uma reprodução a preceito, com uniformes e
armamento da época, que procura dar a conhecer, tão fielmente quanto possível,
as batalhas e os combates que se realizaram. A iniciativa tem início marcado
para as 12h de domingo, dia 27 de setembro, nas Portas de Sula, logo após as
habituais cerimónias militares e protocolares do Exército Português, que estão
agendadas para as 9h30 no mesmo local. A entrada é livre.
Mas antes da
recriação históricas, há outras iniciativas a registar. As comemorações dos 205
anos da Batalha do Bussaco terminam com um fim de semana em cheio. O programa
começa logo na sexta-feira à noite, pelas 21h, com um passeio noturno encenado
sobre “As vésperas da Batalha”, que passa no território dos três concelhos. O
passeio tem início em S. António do Cântaro (concelho de Penacova) e passagem
marcada por Sula (concelho de Mortágua) e pelo Bussaco (concelho da Mealhada).
Já no sábado, dia 26
de setembro, haverá um desfile de tropas e um combate noturno na zona central
da vila do Luso. Uma espécie de aperitivo para a recriação histórica de
domingo, com os mais de 150 recriadores a desfilarem pela Avenida Emídio
Navarro e a reproduzirem, da forma mais real possível, um combate noturno entre
as forças aliadas e o inimigo. Já de noite, pelas 22h, está marcado um concerto
da Alameda do Casino, protagonizado pela Orquestra Ligeira do Exército.
O programa comemorativo
dos 205 anos da Batalha do Bussaco é organizado pelas câmaras municipais da
Mealhada, Mortágua e Penacova, bem como pela Fundação Mata do Buçaco, e conta
com o apoio do Exército Português, da Associação Napoleónica Portuguesa, da
Fundação Luso, da Extramotion, da Associação de Aposentados da Bairrada e do
Grupo de Recriação Histórica de Almeida.
Programa:

25 setembro
21h | Santo António de Cântaro – Sula – Bussaco
Passeio Noturno Encenado
As vésperas da
Batalha


26 setembro
20h | Vila do Luso
Desfile das Tropas e Combate Noturno
22h | Alameda do Casino – Vila do Luso
Concerto pela Orquestra Ligeira do Exército
27 setembro
9h30 | Obelisco – Porta de Sula
Cerimónias Militares e Protocolares do
Exército Português
12h | Obelisco – Porta de Sula
Recriação Histórica da Batalha do Bussaco
16h | Cineteatro Municipal Messias – Mealhada
Sessão de cinema gratuita
“Linhas De
Wellington”
Exposições
patentes:
Até  27 setembro
Casino do Luso
Exposições
“Portugal em
vésperas das invasões francesas, conhecimento geográfico e configurações”
“Evolução de
uniformes militares portugueses, na versão caricatural de Carlos Gonçalves”

Até 30 setembro
Centro Cultural de
Penacova
Exposição
“Batalha do Bussaco
– Penacova 1810”

Até 27 setembro
Centro de Animação
Cultural de Mortágua
Exposição
“Francisco António
Ciera”
18 setembro a 19 outubro
Cineteatro Municipal
Messias | Mealhada
Exposições
“Recriação da
Batalha do Bussaco em diorama”
2000 mil figuras à
escala de 1:72
“Os
Fardamentos do período da Guerra Peninsular”, fotografias das aguarelas do
General Ribeiro Arthur
NI Município da Mealhada