FUTEBOL – União FC está orgulhoso por receber Rio Ave

0
2
O sorteio da 3.ª eliminatória da
Taça de Portugal realizou-se ontem na sede da Federação Portuguesa de Futebol e
no qual já entraram as 18 equipas da I Liga, os 13 apurados da II Liga (poderão
ser 14, caso o Santa Clara se qualifique), os 25 emblemas do Campeonato
Nacional de Seniores (que serão 26 se o Pedras Rubras eliminar a formação
açoriana) e os 7 sobreviventes das competições distritais.
Ora, entre os resistentes do
futebol distrital está o União FC que depois de eliminar o Rabo de Peixe e o
Camacha vai ter um obstáculo mais difícil pela frente, mas que também não deixa
de ser um prémio para os comandados de Cláudio Garcia: o Rio Ave.
Festa em Gavinhos

A turma de Vila do Conde vai
assim ficar associada a um momento histórico do clube da freguesia de Figueira
de Lorvão que, por pouco, não mede forças com o Benfica. «Foi por uma bola que
não nos calhou o Benfica. Gostávamos mais, pois em termos económicos seria uma
maravilha», comentou Pedro Assunção. Apesar desse “azar”, o presidente do União
Futebol Clube entende que esta partida que deverá disputar-se a 18 de Outubro
«será a maior festa do desporto no concelho de Penacova e uma recompensa para
quem tem trabalhado no clube».
Embora o adversário seja de outro
patamar, o dirigente recusa-se a atirar a toalha ao chão: «O Rio Ave se vier
distraí do teremos hipótese de eliminá-lo. Jogar num relvado sintético pode ser
uma vantagem para nós. Com o devido respeito, eles que não pensem que vêm
passear e que tenham cuidado com o União FC».
Pedro Assunção revelou que já está decidido que a partida será disputada «no Campo Feira Nova»,
em Gavinhos. «Se defrontássemos um dos “grandes” talvez tentássemos jogar em Coimbra,
mas assim vamos jogar no nosso campo», esclareceu o líder unionista que
acredita que o palco pode receber cerca de 1.500 pessoas.
Apesar da oportunidade na Taça de
Portugal, o dirigente deixa claro que o emblema do concelho de Penacova não se
desvia do grande objectivo: «Queremos ser campeões distritais. A nossa intenção
é essa».
Quanto aos outros representantes
do distrito refira-se que a Académica vai a S. João da Madeira defrontar a
Sanjoanense, que milita no CNS, enquanto a Naval vai voltar a sentir o “cheiro”
da I Liga, pois será anfitriã do Paços de Ferreira. O Pampilhosa, por seu
turno, depois de eliminar o Mafra receberá a visita de outro conjunto da II
Liga: o Portimonense.
O Ac. Viseu, da II Liga, medirá forças com o Sp. Braga,
ao passo que primodivisionário Tondela irá viajar até Barcelos. Benfica (Vianense),
FC Porto (Varzim) e Sporting (Vilafranquense) jogam todos fora a exemplo dos
emblemas da I Liga.
Refira-se que as duas primeiras
eliminatórias desta prova proporcionaram aos emblemas participantes 2 e 3 mil
euros, respectivamente, enquanto a presença na 3.ª eliminatória vale 4 mil
euros.