PENACOVA EM FESTA – Feira do Mel e do Campo promove produtos da terra

0
1
Promover os produtos endógenos do
concelho de Penacova é o principal objectivo da Feira do Mel e do Campo que se
vai realizar entre sexta-feira à tarde e domingo no Parque Verde de Penacova,
como garantiu ontem o presidente da Câmara Municipal, Humberto Oliveira.
O autarca, que falava na
apresentação do evento, nas instalações da Escola Beira Aguieira, defendeu que
se trata de «uma aposta ganha», na medida e que, «em 2009-2010, quando
chegámos, o que tínhamos era a festa das febras e do magusto».
«Hoje, passados cinco anos, julgo
que já estamos muito à frente disso, e temos uma festa diferente que, de facto
tem capacidade de trazer muito mais pessoas, porque, claramente, conseguimos
adicionar alguns aspectos que julgamos serem fundamentais».
De acordo com Humberto Oliveira,
este evento, ao ganhar dimensão, cumpre também uma função de promoção «que
antes não tínhamos, porque a feira era muito pequenina, limitada às questões do
mel e pouco mais».
«Hoje, como o próprio nome do
evento diz, temos também produtos ligados ao campo», disse, salientado que,
«isto tem claramente a ver com uma estratégia que é valorizarmos os nossos
recursos endógenos, como a floresta, agricultura e turismo».
O edil disse que, «apesar de
algumas limitações, penso que a pequena agricultura pode ser um factor de
desenvolvimento», sendo que a feira é o espaço para que «os pequenos produtores
possam dar visibilidade aos seus produtos e ter aqui uma parte significativa do
seu rendimento».
Evento é oportunidade também para que os pequenos produtores possam
fazer negócio

O sucesso da iniciativa leva a
que, «neste momento, já tenhamos de limitar o número de expositores», sendo que
foram aceites 35, «por uma questão de gestão de espaço, e também de orçamento»
disse o edil de Penacova, salientando que «são quase exclusivamente do concelho
e os restantes aqui da região».
Estes produtores «têm aqui uma
melhor oportunidade para dar alguma visibilidade a esta economia local, que
também é muito importante, e paulatinamente, temos de ir dando pequenos passos
nessa matéria», referiu, dando como exemplos a criação, no último ano, de «uma
cooperativa de apoio a estes pequenos comerciantes, que basicamente privilegia
os cogumelos, que se que pode alargar a outros sectores». Por outro lado, na
última reunião de câmara, disse, «aprovámos a cedência a um apicultor de dois
hectares, no sentido de melhorar a sua capacidade de produção.
Animação durante o fim-de-semana é por conta dos artistas do concelho
de Penacova
Se exceptuarmos a presença do
programa “Portugal em Festa” da SIC, no domingo, e a pedido da estação
televisiva, a animação de todo o evento é feita com a “prata da casa”,
começando logo na sexta-feira, com a actuação dos Saturno, um projecto dos anos
70, 80 e 90, que regressou apenas por brincadeira.
No sábado, é dada voz ao Grupo
Cantar Travanca, Grupo de Cavaquinhos da Rebordosa e Grupo de Concertinas do
Caneiro, terminando com Nuka & os Smiles.
No domingo, além do programa da
SIC, há o almoço da Casa do Concelho e o magusto tradicional.