PENACOVA EM FESTA – Feira mostra doçura do mel e sabor do campo

0
1
Há quem diga que o mel da zona de
Penacova tem um gosto único. E que os sabores são genuínos. Para saber se é
mesmo assim, basta percorrer, este fim de semana, o caminho em direção ao
concelho. O mel e os produtos do campo unem-se, a partir de hoje, no Parque
Verde de Penacova. Por altura de S. Martinho, a jeropiga e as castanhas tomam
conta do arraial, onde o mel e outros sabores tradicionais também têm espaço de
destaque.
A Feira do Mel e do Campo 2015
decorre até domingo e promete grande animação e momentos de franco convívio
entre a população local e as centenas de visitantes do evento.
Certame tem evoluído nos últimos anos

O certame, que abre hoje às
18H30,“pretende dar visibilidade e valorizar os produtos endógenos da região,
cimentando a estratégia de desenvolvimento local”, afirmou Humberto Oliveira,
presidente da Câmara Municipal de Penacova, durante a apresentação do certame.
E a estratégia tem dados os seus frutos: de acordo com o autarca, ao longo dos
últimos anos, o certame tem evoluído “muito positivamente, quer relativamente
ao número de expositores e produtos expostos, quer à qualidade da animação
oferecida aos seus visitantes, tendo-se tornado, num ex-libris da agenda
cultural penacovense”.
“De ano para ano, temos vindo a
solidificar este evento, onde temos a oportunidade de provar o que de melhor se
faz no nosso concelho”, frisou o autarca.
Tendo em conta que o certame
pretende, sobretudo, contribuir para a divulgação, promoção e venda de produtos
tenham por base a agricultura biológica ou familiar, estarão presentes 35
expositores que terão à venda produtos regionais, como mel e derivados,
compotas, licores, ervas aromáticas, frutos secos, entre outros produtos do
campo.
Animação com “prata da casa”



A feira – cujo orçamento ronda os
15 mil euros –,contém duas áreas distintas, uma de cariz expositivo onde se
podem encontrar os produtores locais, e a outra, mais festiva, ligada à música
e animação, este ano com um cartaz composto por “filhos da terra”.
Hoje, os “Saturno – Agrupamento
Musical”, sobem ao palco da Feira do Mel e do
Campo, a partir das 21H30, para uma noite de animação.
Amanhã, a animação musical do
evento inicia-se às 19H30, com os grupos “Cantar Travanca”, “Cavaquinhos da
Rebordosa” e “Concertinas do Caneiro”. Às 22H00 sobem ao palco “Nuka & Os
Smiles”, que encerram a noite com um espetáculo a não perder.
No domingo, a feira abre às
10H00, seguindo-se, às 12H30, um almoço para membros da Casa do Concelho de
Penacova em Lisboa, que todos os anos marcam presença no evento.
“Serão entre 50 a 100 elementos
da Casa do Concelho. Saem de manhã de Lisboa em autocarro e vêm almoçar ao
concelho”, adiantou o presidente da autarquia.
A partir das 14H00, a grande
atração do certame será a transmissão em direto do programa da SIC, “Portugal
em Festa”, com João Baião, iniciativa que, Humberto Oliveira, vê como “uma
oportunidade de dar maior visibilidade a Penacova e aos seus comerciantes,
podendo, desta forma, promover igualmente a economia local”.
“A entrada na feira é gratuita”,
esclarece o edil. À semelhança da edição anterior, o certame vai decorrer
dentro de uma tenda, não vá o S. Pedro pregar uma partida ao verão de S.
Martinho.
Um mês dedicado aos produtos endógenos
A Câmara Municipal de Penacova
lança, este mês, um convite duplo aos munícipes e visitantes, tendo como ponto
de partida, a promoção dos produtos endógenos da região.
Em novembro, os apreciadores de
míscaros e sarrabulho, poderão saboreá-los a convite do município, num dos 12
restaurantes aderentes ao festival gastronómico “Mês dos Míscaros e do
Sarrabulho”, iniciativa que se prolonga até dia 15 de dezembro e que permite
descobrir uma das maravilhas da gastronomia local.
Associados à cultura e economia
locais, os míscaros e o sarrabulho possuem fortes tradições em Penacova e são
presenças assíduas na mesa dos penacovenses nesta época do ano.
Pelas condições atmosféricas que
potenciam o crescimento dos míscaros pelos pinhais da região, e o sarrabulho –
porque é um prato típico do mês das matanças do porco –, as duas iguarias
juntam-se neste evento gastronómico que envolve os principais restaurantes do
concelho.
Restaurantes oferecem os melhores sabores

Assim, é possível ao longo deste
mês de novembro e até 15 de dezembro, saborear os pratos d e míscaros e de
sarrabulho integrados no festival gastronómico com o mesmo nome, promovido pelo
município de Penacova, nos restaurantes Bela Vista (Gavinhos), La Jeunesse (São
Pedro de Alva), O Cantinho (Penacova), O Mondego (Porto da Raiva), O Casimiro
(Silveirinho), O Cortiço (Cavadinha), O Côta (Azenha do Rio), Leitão do Aires
(Espinheira), Portas da Serra (Espinheira), Quinta da Conchada (Travanca do
Mondego), Tasquinha do Clides (Penacova) e Vimieiro (Praia Fluvial do
Vimieiro).
O evento, que tem como principal
objetivo, a promoção do território e da gastronomia penacovense, alia-se,
durante estes dias, à Feira do Mel e do Campo 2015.
A iniciativa é uma ótima
oportunidade para descobrir o concelho, maravilhar-se com a sua paisagem,
apreciar o magnífico Mosteiro de Lorvão. …
Muitos são, aliás, os pontos de
interesse que representam marcos de um passado repleto de história e sabedoria.
Aliás, como um dia escreveu o poeta Vitorino Nemésio, “Penacova vale verdadeiramente
pela sua romântica situação, debruçada como esta sobre um dos mais selváticos
trechos do Mondego…”