ASAE doa brinquedos em ação solidária em Penacova

0
3
Foi com alguma estranheza, mas
acima de tudo curiosidade, que 12 crianças da creche da Santa Casa da
Misericórdia de Penacova, receberam, ontem, um “vasto leque” de novos
brinquedos.
A doação destes brinquedos foi
mais uma iniciativa promovida pela ASAE – Autoridade de Segurança Alimentar e
Económica, que se insere no programa de responsabilidade social da entidade,
pretendendo “promover uma proximidade junto da população”, refere Pedro
Portugal Gaspar, inspetor-geral da ASAE.
As pistas de carros, legos, orgãos
e telefones elétricos doados são fruto de várias apreensões por falta de
rotulagem em língua portuguesa, não estando em causa quaisquer questões de
segurança para a criança.
Em comunicado, a ASAE informou
que os brinquedos não deverão ser utilizados por meninos com idades inferiores
a três anos. Também os legos apenas podem ser manuseados por crianças com mais
de seis anos, sempre com supervisão de um adulto.
 “Só em último caso é que os
produtos são destruídos”

De acordo com o inspector-geral,
“a doação de brinquedos não é uma prática comum da ASAE, ao contrário dos bens
alimentares e vestuário”. No entanto, esta tem sido possível, muito devido a um
dos princípios que a empresa defende e que assenta no facto de “só em último
caso é que os produtos são destruí- dos”, afirma Pedro Portugal Gaspar.
Os artigos apreendidos pela ASAE
têm sido distribuídos por várias instituições de solidariedade social. “Só este
ano a ASAE já fez 58 doações: cerca de 26 toneladas de matéria alimentar e
quatro mil peças, o que se traduz em mais de 200 mil euros doados”, afirma o
responsável. A Santa Casa da Misericórdia de Penacova foi uma das instituições
que se inscreveu, através da Direção Regional do Centro, para ser uma das
beneficiárias desta ação solidária.