PROPOSTA – Penacova aprova moção pela manutenção do IP3

0
1
A Assembleia Municipal de Penacova, reunida no passado sábado, dia 27 de
fevereiro, aprovou por unanimidade uma proposta apresentada pelo deputado
municipal da CDU, Eduardo Ferreira, em que se apela
à Infraestruturas de Portugal, I.P. e ao Ministério do Planeamento e das
Infraestruturas que promovam a reparação e beneficiação do troço do IP3 entre
Coimbra e o Nó do IC6, com carácter de urgência, tendo em conta o mau estado em
que se encontra e por ser aquele que tem actualmente maior intensidade de
tráfego – com cerca de 18.000 veículos por dia – com elevada percentagem de
pesados de mercadorias, que apresenta um nível de sinistralidade elevado.
Segundo o autor desta proposta, é também urgente
melhorar os acessos à freguesia de Oliveira do Mondego, onde continuam a faltar
os caminhos paralelos para trânsito local e máquinas agrícolas, mas também a
ligação do Parque Industrial de Alagôa/Telhado, propondo que
os terrenos anexos à zona Industrial de
Alagôa, que estavam reservados para a instalação da área de serviço de Figueira
de Lorvão, sejam transferidos para o domínio municipal, para permitir o
prolongamento da estrada da zona industrial até à Rotunda da Alagôa.
Ainda, segundo esta proposta, o IP3 é o principal
acesso a Penacova e o corredor que melhor se articula com as grandes vias de
tráfego da região centro, nomeadamente com a A1 para Norte e para Sul, com a
A14 para Oeste, com a A24 para Norte interior, com a A25 para Este e Espanha e
com o IC6 e o IC12 para a Beira Interior, razão acrescida para ser melhorado e
mantido ao serviço do concelho, da região e do país, sem mais custos para o
utilizador, independentemente do que vier a ser decidido relativamente à futura
ligação entre as cidades de Coimbra e Viseu por autoestrada.