CARVALHO (agora) tem mais encanto… com ruas e pelourinho requalificados

0
3
Domingo, 6 de Março de 2016, foi dia grande para a
comunidade de Carvalho, concelho de Penacova, com a inauguração das suas ruas e
becos, numa metragem de 3.200m2, em cujos trabalhos se gastaram 100 mil euros,
numa parceria entre Junta de Freguesia e dos Baldios de Carvalho, não ficando
indiferente a Câmara Municipal.

O Pelourinho e o
Largo da Fonte não fugiram à melhoria
Pela aglomeração de pessoas a
participarem na cerimónia de inauguração, pode dizer-se que, de facto, Carvalho
passou a usufruir de um melhoramento importante, pois as suas ruas e becos dão
outra fisionomia ao ambiente, permitindo que os seus moradores tenham agora um
acesso digno e os que os visitam encontrem vontade para voltar, já que o seu
pavimento e a forma como foi delineado, enriquece e orgulha qualquer
comunidade, não faltando também os acessos pedonais. Se a Rua Principal, parece
uma via de uma importante cidade, a Rua da Igreja não fica atrás, bem como os
Largos da Fonte e do Cabeço, a Rua do Marquês, as Travessas do Passal e da Forja,
etc.
Se os arruamentos mereceram melhoria,
também o Pelourinho e o Largo da Fonte passaram a ter outro aspecto, com o qual
a povoação ficou com mais encanto, a história mais avivada e rica com o símbolo
que representa que Carvalho já foi vila.
A
Capela  de S. Sebastião…e a estrada?
Lá ao fundo da
povoação, a des
toar, a velhinha Capela de S. Sebastião, em
ruínas. Porém, ao que apurámos, o pequeno templo vai ser transferido para outro
local, cujas diligências já estão a desenvolver-se nesse sentido, havendo
inclusivamente terreno para essa transferência.
Quanto ao estado da estrada que lhe dá
acesso, via Portela da Oliveira, de facto é lamentável. Porém, conforme saiu
publicado n’A COMARCA DE ARGANIL, a Assembleia Municipal de Penacova
aprovou um empréstimo no valor de 2.194.200 mil euros, saindo deste bolo a
importância de 1.378.000 euros, para a melhora da estrada da Zona Industrial da
Espinheira/Portela da Oliveira/Carvalho.
Voltando  à inauguração…
Muitas pessoas se aglomeraram no Largo
da Fonte, entre as quais entidades ligadas à autarquia concelhia, como o presidente
da Câmara, Dr. Humberto Oliveira, vereadores Dr. João Azadinho e Ricardo Simões,
bem como o deputado da Nação e presidente da Assembleia Municipal, Eng. Pedro
Coimbra, o 1.º secretário da Assembleia Municipal, Eng. António Simões; o
comandante dos Bombeiros de Penacova, Prof. António Si­mões, o presidente da
Comissão Directiva dos Baldios, Arsénio Simões, o pároco padre Aníbal
Castelhano.

«Houve responsabilidade diária de
levantar esta freguesia, não em altitude, mas pô-la ao nível das restantes 
do Município…»
E neste ambiente
festivo, com o
grupo «Flor do Mondego» a animar a festa, foi
o presidente da Junta de Freguesia de Carvalho, Alcino Filipe Pereira Francisco,
a não se esquecer dos que com ele colaboraram nesta obra, que «desde o início
me têm acompanhado nesta responsabilidade diária de levantar esta freguesia,
não em altitude, mas pô-la ao nível das restantes do Município», citando o
secretário Manuel Simões, a tesoureira Elisabete Simões, bem como o presidente
da Assembleia de Freguesia, Manuel Simões. O presidente não deixou de recordar
o tempo que estes cargos absorvem, em desfavor da família, neste caso da esposa
e filha, com a vinda de outro rebento. Dada a importância e responsabilidade da
obra, com a aquisição de material para o efeito, soube rodear-se de pessoas
rotinadas, sensibilizadas e formadas, como Sérgio Lopes e Tino Fernandes, sendo
também eles os coveiros de serviço. Depois de citar os problemas que a obra
envolveu, bem como os comentários que se levantaram de curiosidade sobre a
concretização da obra, uns negativos, outros positivos, acabou por salientar
que tendo assumido uma obra desta dimensão, hoje está à vista de todos, pois é
«uma obra da qual sentimos orgulho, porque a nossa sede de freguesia há muito
carecia que alguém se preocupasse com ela, que lhe deitasse a mão, arregaçasse
as mangas e fizesse obra» e finalizou Alcino Francisco: «Por Carvalho, um muito
obrigado a todos».
Há sempre quem se empenha…
Foi o presidente da
Assembleia Municipal que salientou o empenho que foi desenvolvido para que tal
obra fosse realidade, e daí terem conseguido dar outra dignidade à vivência das
pessoas que ali moram e às que visitam a povoação, salientando também a riqueza
que foi dada à comunidade, com a requalificação do Pelourinho. Pedro Coimbra
enfatizou a união verificada para que o sonho fosse tornado realidade, numa
parceria Junta-Compartes-Câmara Municipal, não esquecendo a população pelo
apoio e paciência que teve no desenvolvimento da obra, não deixando de
evidenciar o papel do Presidente da Junta, pois «quem trabalha assim merece ser
elogiado», tanto mais sabendo gerir os dinheiros públicos.


«Um bom exemplo de que o que se faz
deve fazer-se bem e com qualidade»
O Presidente da
Câmara, ao referir-se à obra inaugurada, salientou a sua grandeza, destacando o
trabalho exigente e mal compensado, cujos cargos roubam horas à família e de
descanso. Salientando a obra inaugurada, disse ser um bom exemplo de que «o que
se faz deve fazer-se bem e com qualidade», exaltou o trabalho da Junta,
particularmente as qualidades do seu presidente, considerando-o um bom orientador,
«já que é um grande mestre-de-obras». Humberto Oliveira referiu que o
desenvolvimento «não é só isto, ele vai para além disto», pois com esta
requalificação vai passar a ser uma mais-valia, dado que pode proporcionar um
factor de desenvolvimento e riqueza, tendo em atenção o envolvimento da Mata do
Buçaco, pois quem a visitar, pode muito bem fazer o percurso por Carvalho.
O corte da fita, o convívio
Elogiando o exemplo
do presidente Alcino, procedeu-se ao corte da fita simbólica, que marcou a
inauguração da via requalificada, que foi percorrida até ao Largo do Cabeço,
onde esperava a comitiva um bom momento de alegria e de convívio, pois um porco
de churrasco selou esta grande data para a comunidade de Carvalho.


José Travassos de Vasconcelos (texto e fotos) – A Comarca de Arganil