PENACOVA – Rede Social junta 50 técnicos de IPSS para debater saúde

0
2
Realizou-se esta semana o Plenário do Conselho Local de Ação Social
da Rede
 Social de Penacova, que teve como objetivo a
apresentação e aprovação do relatório de atividades do ano de 2015 e do plano
de ação para o ano de 2016. Nesta reunião, que foi presidida pelo
vice-presidente e vereador da Ação Social da Câmara Municipal de Penacova, João
Azadinho, participaram representantes da Segurança Social de Coimbra, do
Centro de Saúde, das Juntas de Freguesias, das Associações de Desenvolvimento,
da Escola Profissional Beira Aguieira, da Cruz Vermelha Portuguesa, das
Instituições Particulares de Solidariedade Social, para além da equipa técnica
concelhia. Este encontro de parceiros da Rede Social de Penacova teve
também como propósito apresentar a Rede Local de Intervenção Social
(RLIS)
, cuja candidatura foi apresentada pela Santa Casa da Misericórdia de
Penacova em julho de 2015, tendo sido aprovada em novembro do mesmo ano.
A criação e a implementação da RLIS tem na sua génese a intervenção
articulada e integrada de entidades públicas e privadas no desenvolvimento da
ação social, com especial enfoque no estabelecimento de um novo modelo de
organização e funcionamento do serviço de atendimento e acompanhamento social
das situações de vulnerabilidade social, vindo assim complementar o papel da
Rede Social, criada em 1997 e que tem como finalidade a conjugação de
esforços de entidades locais para a promoção do desenvolvimento social local.
No âmbito das atividades previstas no Plano de Ação da Rede Social do Concelho
de Penacova, a Câmara Municipal organizou e realizou ontem, dia 07 de abril, a
palestra intitulada “Saúde: Mobilidade e Posicionamentos”, que teve
como dinamizador o Enfermeiro Sérgio Marques, do Serviço de Cuidados
Intermédios do Hospital dos Covões/CHC
. A iniciativa teve como temas
específicos as Úlceras por Pressão, nas suas diversas fases de formação e modos
de prevenção, Técnicas de Posicionamentos em utentes acamados e a importância
da mobilização de utentes. A formação prática teve o auxílio de um manequim
geriátrico para que o formador, com a ajuda de formandas, pudesse demonstrar e
explicar as diferentes formas de posicionamentos apoiados.
Participaram nesta formação 50 colaboradoras oriundas das IPSS do concelho,
na sua grande maioria Ajudantes de Lar e de Apoio Domiciliário, para além das
respetivas Diretoras Técnicas. Com a realização desta ação a Rede Social
de Penacova veio assim associar-se à Comemoração do Dia Mundial da
Saúde
, que tem como objetivo alertar a sociedade para temas-chave na área
da saúde que afetam a humanidade e desenvolver atividades com vista à promoção
do bem estar das populações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui