FUTEBOL DISTRITAL – Antevisão dos Jogos do fim de semana

0
2



DIVISÃO DE HONRA
Será um Carapinheirense seguro
dos passos que tem de dar rumo ao título distrital e, consequentemente, subida
ao Campeonato de Portugal, aquele que se irá apresentar na recepção ao Febres,
a partir das 16h00 de amanhã, em jogo a contar para a 25.ª jornada da Divisão
de Honra. Os comandados de António Cortesão, que lideram a prova, defrontam um
Febres, 12.º classificado, que já não vence há quatro rondas e que surge,
teoricamente, como um adversário acessível para os passos que os “azuis e
brancos” da Carapinheira pretendem continuar a trilhar no topo da competição.
Ainda na perseguição, legítima por apenas ser uma separação de quatro pontos, o
vice-líder Sourense tem no Vinha da Rainha (11.º), em dérbi local, um
adversário difícil pelos contornos do duelo entre vizinhos, mas que, para ainda
aspirar ao título, terá de superar.

Condeixa e
Pampilhosense são os
primeiros a entrar em
campo a partir das
17h00 de hoje em jogo
que opõe o 5.º ao 8.º
classificado da Honra 
 

A ronda 25 traz um embate entre o
3.º classificado União FC e o detentor do 4.º posto, o Penelense, com os
unionistas ainda a agarrarem-se a uma ponta de esperança de que é possível
alcançar o topo e os penelenses a tentaram o ataque ao pódio. O Condeixa (5.º),
que perdeu algum “gás” no pelotão da frente durante a segunda volta, recebe o
Pampilhosense, no que será o primeiro desafio da jornada, a partir das 17h00 de
hoje. Os condeixenses não vencem há três jogos e os serranos não sabem o que é
triunfar há dois desafios, portanto ambos vão querer regressar à senda das
vitórias.
Na 6.ª posição, e com
possibilidade ainda de sonhar com o “top 5”, a Académica/OAF é visitada por um
Cova-Gala (15.º) cujo horizonte é permanecer na “elite” do futebol distrital,
num desafio em que diferentes objectivos se tocam. O Eirense, 7.º classificado,
é visitado por um Lagares da Beira que tem caminhado, nos jogos recentes, para
a manutenção e tem vindo a apresentar-se em boa forma no que promete ser um
duelo difícil para a turma de Eiras. Em Fala, o Vigor ambiciona chegar à oitava
vitória diante do “lanterna vermelha” Águias que é o principal candi dato à
descida. Já o Poiares, que fez uma surpreendente primeira volta, também se quer
“agarrar” à Honra tendo por missão ultrapassar um Ançã que já não perde há
quatro jogos.

1ª DIVISÃO DISTRITAL
Se o Tocha quiser ser campeão da
1.ª Divisão AFC tem a sua oportunidade de ouro. Mas na Lousã mora um líder
invicto, que ainda não foi derrotado para o campeonato e quererá, certamente,
manter imaculado esse registo que teria proporções históricas no clube. A
partir das 16h00 de amanhã, no Campo José Pinto Aguiar, Lousanense e Tocha
encontram-se num dos “jogos do título” no segundo escalão do futebol distrital
no que é o “mata-mata” desta 22.ª jornada da prova. Se der empate, quem pode
sair beneficiado é o Sepins, que tem os mesmos 47 pontos que os tochenses, que,
vencendo na casa do S. Silvestre (10.º), também pode ter uma palavra a dizer
nas contas finais do título.
Com menos oito pontos que 2.º e
3.º posicionados, o Moinhos (4.º) vai ao terreno do Pereira, 5.º classificado,
em duelo no qual o equilíbrio deverá ser nota dominante. Brasfemes e Arganil
partilham o 6.º posto com os mesmos 31 pontos e querem “descolar-se” mutuamente
no embate desta ronda que o Adémia também pode aproveitar, mediante o resultado
entre os dois, para entrar na luta pelo “top 6” se superar o Góis no Campo
Ramos Carvalho.
Mocidade e Ac. Gândaras lutam por
fugir dos últimos lugares com Marialvas, “lanterna vermelha” e Eirense B,
penúltima classificado, a protagonizarem um embate entre os dois últimos da
tabela.
André Freixo – Diário de Coimbra