PAREDES – Homem de 97 anos morre afogado no rio Alva

0
1
Um homem de 97 anos morreu ontem
afogado no rio Alva, próximo da localidade de Paredes, na área da União de
Freguesias de Oliveira do Mondego e Travanca do Mondego (concelho de Penacova).
Joaquim Pratas, que tinha três
filhos, com quem vivia em Paredes, ausentou-se de casa durante a tarde,
possivelmente para visitar uns terrenos de que é proprietário junto ao rio
Alva. Ao princípio da noite, cerca das 20h00, os familiares deram o alerta para
os Bombeiros Voluntários de Penacova, que deslocaram meios de busca para o
local.
O corpo do homem, que caiu ao rio
em circunstâncias que se desconhecem, viria a ser encontrado preso na margem do
Alva, tendo sido removido e transportado pelos bombeiros para o Instituto de
Medicina Legal.
No local estiveram também uma
equipa médica com Viatura Médica de Emergência e Reanimação e a Guarda Nacional
Republicana.