ENSINO – Projecto educativo “Para todos e com todos” em Penacova

0
2

O Agrupamento de Escolas de
Penacova pretende afirmar-se como pólo de cidadania e de dinamização cultural e
desenvolvimento local

São perto de 1400 os alunos que
frequentam o Agrupamento de Escolas de Penacova, vindos de todos os pontos do
concelho e alguns de concelhos limítrofes.

A escola, que funciona no centro
da vila de Penacova, concentra os alunos do 5.º ao 12.º ano, sendo que o
pré-escolar e 1.º ciclo estão espalhados pelas várias freguesias do concelho.
Em S. Pedro de Alva existe também uma EB 2,3.

Tem uma oferta formativa
diversificada que, além do ensino regular até ao 9.º ano, oferece também um
curso vocacional que abrange as áreas temáticas de Trepa Arbórea e
Arboricultura, Informática e Artes. Para o próximo ano lectivo é possível que a
escola ofereça um CEF (Curso de Educação e Formação). Já para o secundário, o
Agrupamento tem cinco turmas do Curso Profissional de Turismo Ambiental e
Rural, Técnico de Informática de Gestão e Técnico de Gestão e Programação e
Sistemas Informáticos. No ensino regular, são sete turmas do secundário dos
cursos de Ciências e Tecnologias, Línguas e Humanidades e Ciências
Sócio-Económicas.

Ana Clara Almeida, directora do
Agrupamento, esclarece que, para o próximo ano lectivo, a escola oferecerá
ainda outro curso profissional, Técnico de Desporto.

Com 137 docentes, o Agrupamento
aposta num projecto educativo que tem por base o tema “Para todos e com Todos”,
que é o ponto de partida para todo o trabalho desenvolvido na escola. além das
aprendizagens que se fazem dentro da sala de aula, a direcção aposta na
«construção de uma escola do presente e para o futuro que exige o compromisso
de todos os intervenientes, desde professores, alunos, pais e restante
comunidade educativa». A propósito, a directora Ana Clara Almeida refere que o
apoio da autarquia «é exemplar», explicando que oferece a prática da natação,
de forma gratuita, a todos os alunos do agrupamento. Além da cedência das
infraestruturas, garante o transporte e assegura o acompanhamento das crianças,
por pessoal da autarquia.

Agrupamento aposta também numa cultura de afectos


Ana Clara Almeida, directora do
Agrupamento, considera que o sucesso da escola, enquanto espaço de acolhimento
que potencia o conhecimento, resulta também de uma cultura de afectos. Se se aposta
em espaços agradáveis e abertos para evitar a conflitualidade entre os alunos,
também para professores e funcionários, há uma atitude de respeito e
valorização do trabalho de cada um, o que facilita o envolvimento de todos.
Rosette Marques – Diário de Coimbra