BOMBEIROS – I Encontro de Escolinhas do distrito de Coimbra

0
1
Quase duas centenas de jovens
bombeiros – Infantes e Cadetes – estiveram concentrados no último sábado em
Oliveira do Hospital, no I Encontro de Escolinhas de Bombeiros do Distrito de
Coimbra, organizado pelos Bombeiros locais.
A iniciativa surgiu no seguimento
de Encontros realizados internamente apenas com elementos da Escolinha dos
Bombeiros Voluntários de Oliveira do Hospital, e também depois de terem sido
convidados a participarem, no ano passado em Brasfemes, num Encontro semelhante.
Paulo Rocha, Adjunto do Comando
oliveirense, destaca a importância das Escolinhas na (…) «renovação dos Corpos
de Bombeiros e, consequentemente, do nosso futuro», e a título de exemplo, dá
conta que desde a fundação da Escolinha dos Bombeiros Voluntários de Oliveira
do Hospital, em 2012, (…) «neste momento já temos no Quadro de Bombeiros cerca
de 30 elementos, que passaram de Cadetes formados na Escolinha a Estagiários
(mais de 16 anos de idade)».

O aparecimento das Escolinhas de
Bombeiros fez com que cada vez mais haja Bombeiros jovens nas corporações,
coabitando em perfeita harmonia com os mais velhos (…) «sempre fundamentais
pelo seu traquejo e com isso também, ensinar estes mais novos», reconhece
aquele operacional.
No I Encontro de Escolinhas de
Bombeiros do Distrito de Coimbra, cujos exercícios práticos decorreram na Praça
Ribeiro do Amaral, estiveram entre Infantes e Cadetes, 180 elementos das
Escolinhas dos Corpos de Bombeiros de Oliveira do Hospital, Vila Nova de
Poiares, Montemor-o-Velho, Figueira da Foz, Condeixa e Penacova, que mostraram
os conhecimentos adquiridos no manuseamento de diversos equipamentos que são
utilizados nas diversas intervenções realizadas pelos Bombeiros.
Ainda segundo Paulo Rocha, o
facto de as Escolinhas terem por finalidade promover junto das crianças e dos
jovens o espírito de Voluntariado e ao mesmo tempo incutir-lhes valores como o
Altruísmo, a Solidariedade e a Responsabilidade, fazem com que o “feedback” dos
pais seja positivo, já que há provas que algumas crianças e jovens – graças à
Escolinha – melhoraram substancialmente o rendimento escolar e mesmo o
relacionamento familiar (…) «desde que entraram para aqui e integraram a
Escolinha, a atitude deles mudou para melhor tanto a nível familiar como a nível
escolar», revelou vincando que (…) «os Bombeiros são uma Escola para a Vida».

Paulo Matttos Afonso – A Comarca de Arganil