SER PENACOVA – No dia 9 de Julho o município terá um dia dedicado à natalidade no concelho

0
4
É um dia em que as crianças dos cerca de 150 agregados
familiares do concelho de Penacova, que beneficiam do apoio à natalidade,
recebem um diploma de cidadão Penacovense…para
assim, segundo João Azadinho, vereador da educação do município, «nunca esquecerem
as suas origens e para defenderem sempre este território como deles».
Como mentor desta ideia, enquanto presidente da junta de freguesia
de Travanca do Mondego, antes de assumir a vice-presidência da Câmara de
Penacova, João Azadinho recorda a medida como um «acto de simpatia, que
contemplava o agregado familiar que tivesse o segundo filho com a entrega do
valor correspondente ao ordenado do presidente da Junta, ou seja, 274,77, euros».
Naquela altura, recorda o autarca, «nasceram quatro crianças na freguesia e
foram contempladas com este “prémio”. Agora, à escala do concelho, o projecto é
mais amplo e envolvente e, acima de tudo, «representa um investimento e não um
custo», faz questão de sublinhar.
Até esta data o município de Penacova
comparticipou em mais de 100 mil euros de despesas, exclusivamente efetuadas no
comércio do concelho.
O projecto da autarquia,
que vai ser votado na Assembleia Municipal do próximo dia 26, prevê que, entre
os zero e os 12 meses, o reembolso das despesas possa atingir 100 euros
mensais, valor que será de 75 euros entre os 13 e os 24 meses e de 50 euros por
mês entre os 25 e os 36 meses. Um programa de apoio à natalidade que «não tem
em conta os rendimentos das famílias», sublinha João Azadinho, dependendo
exclusivamente da candidatura. Apesar de, na prática, entrar só em vigor no
princípio de Maio, podem-se candidatar as famílias com crianças nascidas desde
Janeiro, estando previsto um período e dois meses para apresentação da
respectiva “candidatura”.