DEBATE – Ministro da Ciência abre Fórum da AAC em Penacova

0
2

É uma estreia sob vários pontos
de vista. Pela primeira vez o Fórum da Associação Académica de Coimbra (AAC)
realiza-se em Penacova e, igualmente pela primeira vez, conta com a presença de
um governante. Nada mais nada menos que o responsável máximo pela política
educativa, Manuel Heitor. O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior
participa num debate, hoje, às 21h00, que marca o arranque oficial do Fórum da
ACC. Também pela primeira vez, além de mais de meia centena de dirigentes
associativos, o debate é aberto à participação da população, que «pode
questionar o ministro sobre as política educativas, o Orçamento de Estado»,
sublinha José Dias, presidente da AAC.
Com uma experiência de dezenas de
anos, o Fórum da AAC é considerado o «evento de excelência da Academia de
Coimbra», um espaço onde são «maturadas as principais propostas a concretizar
nos próximos quatro/cinco meses», refere o dirigente dos estudantes, fazendo
notar que é neste espaço de debate e reflexão que são definidas as propostas da
Academia e o calendário reivindicativo dessas mesmas propostas. Acção Social
Escolar, financiamento, rede e gestão do ensino superior e empregabilidade são
as preocupações fundamentais que dominam o Fórum da AAC.
Além do debate «mais político»,
que se «realiza pela primeira vez fora de Coimbra», com o responsável da
tutela, também os dois dias do fórum, habitualmente mais “fechados”, têm este
ano um novo “figurino”. Com efeito, aos invés dos habituais painéis de
discussão, o novo modelo, a testar em Penacova, pretende imprimir uma nova
dinâmica à discussão. Assim, os dirigentes estudantis vão ser distribuídos por
diferentes grupos de trabalho e discutir um conjunto de matérias da política
educativa, que se prendem, de acordo com José Dias, com as questões de acesso
ao ensino superior, o estatuto fundacional que o conselho geral da Universidade
de Coimbra vai em breve começar a debater, bem como o Orçamento de Estado no
que à componente educativa diz respeito.
O fórum começa hoje, com uma
sessão de abertura marcada para as 19h30, na Câmara Municipal, seguindo-se o
jantar e, a partir das 21h00, o debate com o ministro, «principal actor das
políticas educativas», no final do qual se assiste à actuação do Grupo de Fados
Insígnia. Os dias de sábado e domingo são de debate e reflexão “interna”dos
dirigentes associativos.



“Condições únicas” oferecidas em Penacova


Com uma história de dezenas de
anos e com experiências de descentralização que já levaram os estudantes da
Academia de Coimbra a Gouveia, a Góis ou à Pampilhosa da Serra, o Fórum da AAC
que hoje começa em Penacova tem, igualmente pela primeira vez, uma preocupação
de «articulação com a população local», refere José Dias, salientando a realização
do debate com o ministro, a decorrer na «praça principal de Penacova», o
espectáculo com o grupo de fados, mas também uma corrida nocturna, destinada a
estudantes e população. «Tentamos encontrar sinergias com a Câmara e com a
população, mas todos podermos beneficiar com o fórum», salienta o presidente da
AAC, definindo Penacova como um local «propício à reflexão, ao debate e à
envolvência da comunidade».

A escolha de Penacova “impôs-se”
naturalmente «pela qualidade acima da média» e «condições únicas» garantidas
pelo município, na sequência das várias “demarches” efectuadas pela Associação
Académica de Coimbra à procura do «melhor espaço e das melhores condições» para
a realização do fórum.



José Dias, elogia, de resto, a
forma como a proposta dos estudantes foi recebida pelos responsáveis da Câmara
Municipal de Penacova que, inclusivamente, «nos oferecem uma mostra gastronómica».

Manuela Ventura – Diário de Coimbra