FUTEBOL DISTRITAL – Equipas do concelho superam 4ª ronda com uma derrota e uma vitória

0
3
O União FC (Penacova) voltou a cair em casa,
desta vez frente ao experiente Pampilhosense que, mesmo com menos uma unidade
durante a 2.ª parte, conseguiu segurar a vantagem. O jogo teve um início
fulgurante e, logo aos 7’, Riki derivou da esquerda para o meio e, com um
remate cruzado, inaugurou o marcador. A entrega de ambas as equipas foi notável
e, aos 24’, após confusão à entrada da área do Pampilhosense, Bruno aproveitou
a passividade da defensiva adversária e empatou. No entanto, a igualdade não
durou mais de um minuto, pois, na saída de bola a meio-campo, o Pampilhosense
descobriu Riki, que bisou. O jogo ficou manchado por uma entrada “feia” de
Normando, que acabou expulso (44’).

Após o intervalo, a esperança de
chegar à vitória por parte do União aumentou, mas os experientes homens da
Pampilhosa da Serra fecharam-se “em copas” e não permitiram que os locais criassem
perigo junto da sua baliza.
Manuel Carvalho – Diário As
Beiras


I DIVISÃO DISTRITAL

Com quatro rondas decorridas, o
Águias já voa na liderança da 1.ª Divisão AFC. A formação comandada por Miguel
Mesquita foi ao reduto do surpreendente Condeixa B vencer por 1-2 e tomou o
topo, tendo aproveitado para esse efeito a derrota do Lagares da Beira no
terreno do Arganil. Os lagarenses foram incapazes de superar o “vizinho”
Arganil que somou os três pontos pela segunda vez nesta edição da prova com uma
vitória tangencial de 1-0.

Quem não aproveitou o deslize dos
lagarenses para os ultrapassar foi o Marialvas e o Mirandense que, em duelo no
Estádio Municipal de Cantanhede, acabaram por equilibrar forças com o jogo a
terminar com a divisão de pontos e quatro tentos (2-2).

O Brasfemes parece ter tomado o
rumo certo, leia-se das vitórias, e na recepção ao Adémia puxou dos galões para
aplicar “chapa 4” ao “vizinho” ademiense que continua sem saber o que é vencer
no segundo escalão do futebol distrital. O Ac. Gândaras, por seu turno, já sabe
o que é triunfar na prova e estreou-se na aquisição dos três pontos diante do
Arouce-Praia com uma vitória por 1-0, que serviu para agonizar o mau início da
formação dos aroucenses que ainda nem sequer se estrearam a marcar na
competição. Também o Mocidade se estreou a vencer e logo com goleada no terreno
do Góis por 0-3.

André Freixo – Diário de Coimbra