FUTEBOL DISTRITAL – Agressão ao árbitro em Fala vai a tribunal dia 16

0
2
O processo da agressão ao árbitro
Telmo Galvão, durante o encontro entre o Vigor e União Futebol Clube (1-0), vai
a tribunal dia 16, a partir das 14H00.

Árbitro e agressor foram ontem de
manhã ouvidos no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Coimbra, e
já foi marcada a data do julgamento sumário. Isto depois de Telmo Galvão ter
sido assistido nos Hospitais da Universidade de Coimbra e também sido observado
no Instituto de Medicina Legal, para atestar a gravidade da agressão de que foi
vítima no final do encontro, por parte do treinador adjunto do União FC.

Sem perder tempo, o clube de
Gavinhos, Penacova, emitiu enviou ontem um comunicado a demarcar-se da atitude do seu
treinador.

“A direção do União FC vem, pelo
presente, condenar e lamentar a atitude irrefletida do seu agente desportivo,
com a qual, obviamente, não nos revemos nem podemos pactuar”, começa por dizer
a nota.

Este “ato isolado, irrefletido e
lamentável”, classifica o clube, “não reflete de forma alguma a forma ordeira,
o respeito e a postura que o União FC sempre demonstrou ao longo das épocas em
que participa nas várias provas organizadas sob a égide da Associação de
Futebol de Coimbra (AFC)”.

O clube quis ainda “apresentar um pedido formal de
desculpas à AFC, ao Conselho de Arbitragem da AFC, à equipa de arbitragem que
dirigiu o referido jogo, e em especial ao
árbitro, senhor Telmo Galvão”.


E fica ainda a promessa de, “no
futuro, tal como foi no passado, continuar a trabalhar em prol de um futebol
distrital mais correto, onde atitudes destas não mais sejam vistas em recintos
desportivos”.

Bruno Gonçalves – Diário As
Beiras