TURISMO – Centro de Portugal participa na feira internacional de artesanato

0
1
O Centro de Portugal participa na Feira
Internacional de Artesanato de Milão, que abriu portas no passado dia 03 de
dezembro, até 11 de dezembro de 2016, no recinto da “Fiera Milano”, localizado
em Rho – Milão.

Trata-se da 21.ª edição da “L´Artigiano
in Fiera” onde participam também mais de 3.250 expositores oriundos de 115
países de todo o mundo, e são esperados mais de 2.500.000 visitantes.

Em parceria com a Associação de Artesãos
da Serra da Estrela, a Entidade Regional de Turismo do Centro de Portugal está
presente no pavilhão 7, com um stand de 24m2, o qual dispõe de áreas reservadas
à gastronomia regional e à animação musical, com atuações da fadista Rita
Inácio, também arquiteta, natural de Vila nova da Barquinha (
goo.gl/vtLWvQ).

Segundo Pedro Machado, presidente do
Turismo Centro de Portugal “é importante assegurarmos a presença deste nosso
destino na que é considerada uma das mais prestigiadas feiras mundiais de
artesanato, reconhecida pela qualidade e originalidade da sua oferta”.

“O artesanato faz parte da cultura
tradicional dos povos, e a nossa representação neste certame é uma excelente
oportunidade para divulgarmos a arte e a cultura existente no Centro de
Portugal, que é rica, vasta e variada”, declara Pedro Machado.

“Sabemos que escolher uma peça de
artesanato que identifique o Centro de Portugal não é tarefa fácil, pois esta é
uma região demarcada pela diversidade de povos e culturas que por ela passaram
e nela se fixaram. O que procuramos neste espaço, é promover o valioso espólio
turístico-cultural do Centro e mostrar a todos quantos nos visitam durante
estes nove dias, que esse legado ancestral sobrevive ao passar dos anos, se
fortalece e traduz a alma de um povo. A nossa principal função na Feira de
Artesanato de Milão é, portanto, a de mostrar a riqueza que nos define e aguçar
a curiosidade de potenciais turistas para que visitem, de preferência com
tempo, a diversidade do Centro de Portugal”, acrescenta Pedro Machado.