TÔMBOLA DE NATAL – Comércio tradicional é factor de emprego e estabilidade e garante a vitalidade dos centros históricos

0
1
Em tempo de Natal, tudo brilha
com maior intensidade. As ruas das vilas e cidades enchem-se de luzes e música
para celebrar a quadra mais simbólica do mundo cristão.

Pois o Natal é tempo de reunir a família
na noite de Consoada e no Dia de Natal, em ambiente de festa e que requer algum
requinte.

Por isso, os esforços
multiplicam-se para receber com dignidade os familiares, num jantar ou num
almoço a condizer com as exigências da data. É tempo ainda da partilha de
presentes, dando seguimento à antiga tradição dos reis Magos que também levaram
os seus presentes a Jesus. Por isso, o comércio prepara-se para dar resposta
às exigências dos consumidores.

As ruas enfeitam-se de luzes
coloridas, de árvores de Natal e a música paira no ar, criando o ambiente
mágico. As montras das lojas reluzem de cores e artigos mais ou menos atraentes
para fazer as delícias de pequenos e graúdos na noite de Natal.

Nos concelhos de Mealhada,
Penacova e Mortágua, os comerciantes vão mais longe e convidam as pessoas a
fazer compras no comércio tradicional. Ao fazer ali as suas compras, recebem um
cupão e podem participar no Sorteio – Tômbola de Natal, que dá pré- mios (vales
de compras) para utilizar no comércio tradicional. Um gesto simples que se
transforma «num acto consciente a favor da economia local».


A ACIBA – Associação Comercial e
Industrial da Bairrada e Aguieira sucedeu à ACIM (Associação Comercial e
Industrial da Mealhada), tendo agora uma área de intervenção mais alargada que
abrange os municípios de Mealhada, Penacova e Mortágua. Carlos Pinheiro é o
presidente da direcção da ACIBA, cumprindo o mandato de 2015/2017, confessando
que é e sempre foi um defensor das parcerias. «Vale a pena e é importante que
os empresários se unam o mais possível para que as entidades que os representam
ganhem dimensão e capacidade para fazer valer os seus interesses»., revela.
Nesse sentido, a ACIBA vai continuar a trabalhar junto do tecido empresarial
dos três concelhos de modo a tornar-se cada vez mais representativa.

A iniciativa “Tômbola de Natal”,
que agora está a decorrer nos três municípios, é um exemplo do trabalho que a
ACIBA está desenvolver , apresentando-se como uma acção de dinamização do
comércio tradicional que, no entender de Carlos Pinheiro, «assume particular
relevância para a economia local». Carlos Pinheiro realça que, em números, se
se pensar nos 315 aderentes deste ano, pode depreender-se que estes
representam, pelo menos, 400 a 500 postos de trabalho». Por isso, além de ser
um factor de emprego, é também garantia de estabilidade e prosperidade para as
famílias e que contribui fortemente para a qualidade de vida das povoações e
manutenção dos seus centros tradicionais. Ao mesmo tempo, o comércio
tradicional é também importante no apoio ao sector turístico e ao abastecimento
das zonas rurais, bem como das zonas históricas das vilas e cidades.

É toda esta dinâmica que Carlos
Pinheiro considera fundamental e que deve ser apoiada, não só pelas entidades
públicas, seja o poder local e poder central, mas também pela própria população
que «deve estar sensível a todas estes factores e perceber que comprando no
comércio tradicional está a contribuir para o desenvolvimento local».

Por outro lado, Carlos Pinheiro
realça ainda a mais valia do comércio tradicional que se prende com a
proximidade, seja a todo o tipo de produtos, seja mesmo entre o cliente e o
vendedor.
 

A Câmara Municipal de Penacova
apoia a ACIBA, reconhecendo-a como um parceiro fundamental que vem preencher um
vazio no nosso concelho que não tinha nenhuma entidade que defendesse os
interesses dos empresários.

Com funcionamento provisório no
Gabinete Económico e Social do Município, a ACIBA passa a oferecer aos seus
associados deste concelho todo o apoio que precisam para melhorar os seus
serviços, para obter apoios no que diz respeito a possíveis candidaturas ao
Portugal 2020, em formação, criando assim uma nova dinâmica.

Por outro lado, as acções
pontuais, como é o caso do sorteio da Tômbola de Natal, pelo envolvimento que
cria, dão uma nova visão ao comércio tradicional que, no concelho tem três
pólos (Penacova, Lorvão e S. Pedro de Alva). Promove-se a mudança, facilita-se
o investimento com a consequente reabilitação urbana.

Por outro lado, a ACIBA permite
fortalecer a intervenção da nossa região, a partir de projectos intermunicipais.

Rosette Marques – Diário de Coimbra