ASSOCIATIVISMO – A nova direção da Confraria da Lampreia toma posse

0
4


Os novos dirigentes da
Confraria da Lampreia de Penacova, eleitos a 3 de dezembro, para o triénio
2017-2020, tomaram hoje posse
A direção da Confraria passa
a ser presidida por Luís Pais Amante, a assembleia geral por Maria Domingas
Carvalho Araújo e o concelho fiscal por Maria Isabel Rodrigues Duarte.
A Confraria da Lampreia de
Penacova visa, de acordo com os seus responsáveis, “defender e divulgar o
património gastronómico, particularmente o da lampreia, neste concelho onde
pontificam tantas iguarias”.
As suas atividades não se esgotam,
no entanto, na “preservação e divulgação da gastronomia relativa à lampreia,
passando, também, pela promoção da doçaria conventual e do peixe do rio”.
Esta confraria surgiu em 2004,
no seguimento do “Fim-de-Semana da Lampreia”, evento que já na época animava o
concelho no primeiro trimestre de cada ano.
Entretanto, respeitando o
ciclo de vida e desova da lampreia, os restaurantes do concelho de Penacova rendem-se,
de janeiro a abril, aos paladares intensos que a confeção gastronómica da
lampreia proporciona.
É um sabor único,
resultado do “saber de experiência feito” ao longo de séculos. Um prato que
tira partido de um certo “exotismo” associado a este ciclóstomo. Ao contrário do
que acontecia antes, nos últimos cinco anos o convite aos forasteiros para se deslocarem
ao concelho estende-se ao longo dos quatro meses em que a lampreia existe nos
rios nacionais, principalmente no rio Mondego.