PARCERIA – Turismo do Centro e Estremadura espanhola “afinam” estratégia de promoção turística entre ambos os territórios

0
2
A Entidade Regional de Turismo do Centro
de Portugal e a Junta de Turismo da Estremadura apresentaram ontem, o “Mapa
Transfronteiriço Centro de Portugal e Estremadura” no stand do Turismo da
Estremadura, na FITUR – Feira Internacional de Turismo de Madrid, que decorre
de 18 a 22 de janeiro, na capital espanhola.  
Estiveram presentes
nesta sessão, o Presidente da Entidade Regional do Turismo Centro de Portugal,
Pedro Machado, o Diretor Geral da Junta de Turismo da Estremadura, Francisco
Martín-Simón, o Presidente da Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra,
João Ataíde, a Diretora Geral de Ação Exterior, Rosa Balas e o membro da
Direção do Turismo do Centro de Portugal, Jorge Loureiro.
Esta é a primeira ação materializada de um
projeto mais abrangente, de parceria institucional entre ambas as entidades,
que assume como propósito principal alavancar uma estratégia de promoção
turística entre ambos os territórios, num aproveitamento de recursos e na
conjugação de meios e de vontades.

Este mapa pretende promover junto do
grande público, quer em Espanha quer em Portugal, alguns dos principais
recursos e produtos turísticos existentes no Centro de Portugal e na
Estremadura, em particular o património edificado e imaterial, a cultura,
gastronomia e o enoturismo.

“Sendo a Espanha o primeiro e
por isso, principal mercado emissor para o Centro de Portugal, e sendo o
crescimento económico da Província da Estremadura superior à média
espanhola, este é um mercado que nos interessa particularmente, também pela
proximidade ao Centro de Portugal, no âmbito da estratégia de
internacionalização defendida para a nossa região”, explicou Pedro
Machado.
Pedro Machado refere ainda que 2017 é um
ano particular para o Centro de Portugal.
“É de salientar que, em 2016, o Centro de
Portugal conseguiu atingir a barreira de seis milhões de dormidas,
preparando-se para acolher em maio de 2017, o Papa Francisco por ocasião do
Centenário das Aparições de Fátima, o que aumentará certamente o número de
turistas e de dormidas na região. Fomos eleitos “Destino Preferido”
pela APAVT em 2017 e Destino Preferido do Ano da ECTAA
– Confederação Europeia das Associações de Agências de Viagens e
Operadores Turísticos Europeus, que reúne representantes de mais de trinta
países emissores e mais de 80.000 agências de viagens. Ainda este ano, Coimbra
acolhe em abril a reunião da Unesco e, em outubro, Fátima irá receber o
Encontro da Organização Mundial de Turismo. Todos estes e muitos outros
acontecimentos previstos, catapultam-nos para um ano que se adivinha deveras
proveitoso, altura certa para aproveitar oportunidades e atingir um índice de
notoriedade nacional e internacional, nunca antes alcançado”.

Os principais intervenientes no lançamento
do “Mapa Transfronteiriço Centro de Portugal e Estremadura” reconheceram a
importância desta parceria, nomeadamente
Francisco Martín-Simón que ao tomar a palavra agradeceu a
presença de tão vasta plateia, sinal que esta junção de sinergias irá
certamente aproximar ambos os territórios, no aproveitamento das principais
valências de ambas as regiões.

É pois de referir que
participaram no lançamento deste importante instrumento de promoção turística,
grande número de autarcas e empresários da região de Coimbra que aproveitaram
associar-se a esta iniciativa, numa altura em que a CIM Região de Coimbra está
a tomar contacto com a realidade do Município de Alcobendas, em Espanha,
distinguido recentemente com o prémio de excelência europeu em termos de
certificação de qualidade da EFQM (European Foundation for Quality Management).
Até domingo, dia 22 de janeiro, o Centro
de Portugal continua na FITUR – Feira Internacional de Turismo de Madrid,
a promover “Um país dentro do País”.

Parceria estendida a Castela e Leão
“Está a ser trabalhado um acordo com a região
de Castela e Leão com o objectivo de unir, num inédito mapa transfronteiriço,
seis milhões de potenciais consumidores”, disse Pedro Machado, revelando que
este “alargamento” está já a ser trabalhado e muito bem encaminhado. Segundo o
presidente do Turismo de Centro, estas parcerias com regiões espanholas estão
em sintonia com o que disse a secretária de Estado do Turismo, que reuniu com a
homóloga de Espanha, encontro no qual discutiu a “possibilidade de
Portugal e Espanha poderem fazer promoção conjunta”.