DESPORTO – CAD/UPC Chelo continua a conjugar o verbo vencer

0
0

No jogo em atraso referente à
10.ª jornada do Campeonato Nacional da II Divisão Feminina, a equipa do CAD/UPC
Chelo venceu no seu reduto o G. D. Ulmeirense por 89-41.

A equipa da casa iniciou a
partida num ritmo frenético, conseguindo aos 7 minutos de jogo uma vantagem de
14 pontos. Os contra ataques rápidos, liderados pela base internacional cubana
Oyanaisy Gelis e finalizados por Ester Fortes e Leidy Ferreira, faziam antever
uma vitória fácil, no entanto dois triplos convertidos pela jogadora do
Ulmeirense, Joana França, permitiram à equipa visitante alguma recuperação no
marcador. O 1.º período terminou com o resultado em 31-16.

O 2.º período foi mal jogado por
ambas a equipas. Os maus passes, aliados a uma fraca eficácia ofensiva, ditaram
um resultado parcial de 10-4, chegando o intervalo com o marcador em 41-20.

No 3.º quarto, a formação da casa
voltou ao campo com o seu melhor cinco, infligindo um parcial de 24-11. O ritmo
imposto no ataque e a pressão defensiva foram demasiado fortes para as
visitantes, destacando-se nesta fase a energia da jovem Rafaela Carrito, que
apesar dos seus 17 anos, foi autora de 14 pontos.

No último período, fez-se notar
algum cansaço das jogadoras do Ulmeirense, ao passo que as jogadoras da casa
continuaram a jogar num ritmo de início de partida. Face a esta disponibilidade
física, não foi de espantar que a equipa do CAD/UPC Chelo terminasse o jogo com
uma vantagem de 48 pontos.

O resultado final de 89-41 traduz
a desnível qualitativo e de objetivos entre as duas equipas, assim como a
diferença de performance ao longo de todo o jogo.

Destaque na formação do CAD/UPC Chelo para Ester
Fortes (23 pontos), Leidy Ferreira (22 pontos) e Oyanaisy Gelis (13 pontos e 7
assistências). Na formação do Ulmeirense, Joana França (10 pontos) foi a mais
esclarecida.


Nuno Fortes – CAD – Associação Coimbra Basquete